Viver nos Estados Unidos {os altos e baixos}

por

Vez ou outra recebo emails de pessoas me perguntando sobre viver nos Estados Unidos, buscando mais informações sobre a vida fora do país. Eu entendo muito bem o que é isso, pois há alguns anos, quando estava definindo a minha vida no Brasil, entrei em contato com algumas pessoas que estavam no exterior, buscando um apoio e tentando tirar minhas dúvidas.

Esse mês de janeiro, completou cinco anos que estou morando nos EUA, e confesso que adoro e nem tenho planos de voltar para o Brasil. Já posso chamar DC de casa, sou casada com um americano, tenho vários amigos por aquí, uso o inglês diariamente pra tudo, trabalho na minha área de formação e ando pensando seriamente em virar naturalizada americana. Claro que vou continuar ser brasileira, na verdade, vou ter uma dupla nacionalidade. Mas como nem todas as histórias são iguais, conheço várias pessoas que moram aqui nos Estados Unidos e não conseguem se adaptar, tem dificuldade de se aproximar das pessoas, detestam americanos, se recusam a usar o inglês, e assim criam uma barreira que os impedem de crescer e se desenvolver nessa nova cultura.

Viver num país estrangeiro não é fácil, você vai sempre se sentir “diferente”, mas cabe apenas a você quebrar essas barreiras e buscar usufruir o máximo que essa experiência pode lhe oferecer.  

Antes de investir no sonho de ir morar fora, acho que você deve refletir e pensar se está mesmo preparado pra isso. Buscar entender essa nova cultura que vai te receber e perceber se você vai estar realmente disposto a abraça-la de verdade.

Resolvi fazer um novo vídeo para falar um pouco sobre os pontos mais difíceis no início da adaptação em uma terra estranha. Pontos que são importantes e que podem influenciar bastante seu dia-a-dia, sua forma de ver essa nova terra, influenciar na hora de interagir com outras pessoas, e acima de tudo, influenciar no seu futuro.

O vídeo ficou um pouco longo, eu falo muito o_0, mas espero que gostem.

Visitem e se inscrevam no meu canal no Youtube, vou postar vídeos de auto-estima, dicas de beleza, vlogs de viagens, informações sobre viver fora do país e muito mais.  Enviem sugestões para os próximos vídeos.

Deixe um comentário!

27 comentários

  1. Paula

    Olá Manu,

    Adoro seu blog! seus textos são bem originais.
    Gostaria de saber como foi o processo para permanecer nos eua antes de casada, que tipo de visto vc solicitou?

    bjim,
    Paula

    Responder
    1. Manu Huessy

      Oi Paula, obrigada pelo comentario!
      Eu vim pros Estados Unidos com visto de estudante, no incio eu estuda ingles num curso de idiomas e depois quando fiz o Toefl eu apliquei pro mestrado numa universidade americana.
      um abraço
      Manu

      Responder
  2. Loma Sernaiotto

    Você abordou pontos muito importantes, achei o vídeo fundamental para quem planeja mudar para outro país. Tem gente que ignora esses detalhes, vai atrás apenas do sonho e acaba perdendo o encanto na primeira semana… Muito bom, Manu! Amei! E seu mix de sotaque é super fofo!

    Responder
    1. Manu Huessy

      Oi Loma,
      ah fico feliz que gostou do video. Pois é, achei que era importante ressaltar alguns pontos que parecem bobagens, mas muita gente nao leva em consideração quando mudam de país.
      beijos
      Manu

      Responder
  3. caroline

    Adoro sua lojinha. Conheci no blog depois dos 15. Mas não sabia que vc tinha um blog, ele tá lindo, parabéns viu :) Já virei seguidora.
    Não vai mais ter peças da Forever 21 para vender? Amo as peças da marca. Beijos

    Responder
    1. Manu Huessy

      Oi Caroline, obrigada pelo carinho e pelo comentario.
      Então eu parei de vender a Forever 21 porque estava me dando muito trabalho. Os produtos atrasavam pra chegar na minha casa e tive muitos aborrecimentos.
      beijos
      Manu

      Responder
  4. Kesia

    Oi Manu!! Adorei o vídeo!! Meu sonho é morar fora do país, aprender inglês, conhecer novas culturas, mas pretendo ficar somente 1 ou 2 anos. Quero ganhar experiência tanto pessoal quanto para valorizar meu currículo profissional quando voltar. Me tira uma dúvida. Como foi que você chegou aí? Você já sabia falar inglês ou foi difícil para aprender? Você morou onde primeiramente, ficou na casa de alguém, ou alugou uma casa? É preciso ter alguma reserva pra começar a vida aí?? Bjinhus

    Responder
    1. Manu Huessy

      Oi Kesia, quando eu vim pros estados unidos eu cheguei com visto de estudante e ja estava matriculado num curso intensivo de idiomas. Meu ingles nao era bom, mas foi se aperfeiçoando no dia a dia. Eu tinha aulas todos os dias de seg a sex, quatro horas por dia e procurava praticar sempre, mesmo comentendo erros. Mas antes de vir pros estados unidos eu ja tentava falar em chats online em ingles e ficava praticando a escrita em forum de discussão. eu tinha uma amiga morando aqui e inicialmente fiquei na casa com ela e logo que estava mais estabilizada eu mudei com roommates pra outro lugar. Em relação a dinheiro é sempre bom vir com uma reserva, pois voce nem sempre sabe como vai ser depois que chegar. Uma forma simples e barata pra vir morar nos estados unidos é como au pair. Conheci muitas meninas brasileiras que vinheram atraves desse programa e depois ficaram no país. Pelo menos voce tem um suporte de uma familia americana e pode dar continuidade nos seus planos. Eu tenho um post e um video so falando sobre o programa de au pair, voce deveria assistir Segue o link http://ambientevistoriado.com/au_pair/

      Responder
  5. adelia

    ta certo, sobr o que vc falou meu problema aqui onde eu moro Danbury_CT e ta dificil sair do meio de brasileiro e aqui dear so tem mineiro….. uma doenca…complicado ainda mais qdo vc vem com visto de turista como eu. Falar ingles ser comunicativa e se interessar ela cultura americana nem sempre e uma boa receita..qdo vc nao tem um ponto de apoio ou uma estrutura ou seja “Pessoas confiaveis” e nem falo de amigos aqui? amigos? forget about . Meu caso. agarro na qualidade de ter uma personalidade forte nao desistir e ser determinada.. Mas isso e outra historia.

    Responder
    1. Manu Huessy

      Oi Adelia, no inicio é sempre dificil, ainda mais se voce conhece mais brasileiro. Mas voce tem que fazer um esforcinho pra conhecer outros americanos e assim aumentar seu ciclo de amizades. Tentar sair mais pra festas e bares que tenham outros americanos, estudar ingles, participar de algum grupo (esporte, voluntariado, escola) que te ofereça opções.
      Boa sorte!
      Manu

      Responder
  6. Lilian

    Dicas boas! Beijos Manu

    Responder
  7. Saltos de Cristal

    Excelente post, gostei muito!!

    Você pode seguir o meu blog? http://saltosdecristal.com/

    Eu sigo o seu de volta.

    Beijos,
    Saltos de Cristal

    Responder
  8. Ana Paula U.

    Adorei o vídeo! Obrigada pelas dicas! :)

    Responder
  9. Sonia Rodrigues Claro

    Oi, Manu!
    Sigo o seu blog há quase 2 anos e adoro seus textos, suas dicas, inclusive de cabelos (apesar dos meus serem lisos) e acho os seus lindos! Não sou de comentar sempre, reconheço a preguicinha… rsrs, mas tive que falar sobre esse vídeo. Vc fala de mudança de vida e eu resolvi mudar a minha. Tenho 47 anos, sou solteira, sem filhos, representante comercial e vendedora por essencia, mas insatisfeita com a mesmice resolvi mudar de carreira e voltei a estudar. Estou no 4º período de Turismo e penso seriamente em conhecer o mundo, o meu país, trabalhar com turismo e, quem sabe, morar fora. Só queria te dizer que seu vídeo me deu mais força para realizar isso, seja nos EUA ou em qualquer outro lugar. Obrigada! Parabéns pelo blog, pelo canal no Youtube e por compartilhar sua vida e experiências!
    Uma ótima vida pra vc!
    Beijos
    Sonia Claro

    Responder
  10. Luddy

    Oi, Manu!!
    Ja faz um bom tempo que eu visito o seu blog e adoro ler seus textos e acho tudo muito criativo e interessante.Eu gostaria de sugeri um video ou post sobre o processo de ser aprovado em um mestrado e se e muito caro.Eu sou da area de educacao e sempre sonhei em fazer mestrado nos EUA. Thanks dearest.

    Responder
  11. Angélica

    Olá! Gostei bastante das dicas que você deu e, para mim, foi em uma hora muito oportuna, pois em março estarei aí. Passarei um mês e meio na Pensilvânia e estava um pouco apreensiva quanto ao país e as pessoas. Depois de tudo que você disse, estou mais ansiosa para conhecer o país.
    Obrigada pelas dicas ;D
    Beijos

    Responder
  12. JASON

    ” Em fim alguem que falou o que eu queria ouvir’ Gostei muito do seu video, quero muito morar nos E.U.A. Você acha que Seatle é uma boa opção pra alguem que busca trabalho como engenheiro civil ?
    RECOMENDO SEU BLOG…
    muito bom!

    Responder
  13. Bela

    Oi, gostei bastante do seu post.
    No entanto queria saber mais como funciona a vida de quem vive ilegal aí.
    Como é estudar, trabalhar…Me fale um pouco desse outro lado…grata.

    Responder
    1. Manu Huessy

      Oi Bela, infelizmente nao tenho muito informacao sobre como eh vida de quem esta ilegal. Sei que quem eh ilegal nao pode frequentar a universidade e nao pode trabalhar legalmente
      Um abraco

      Responder
  14. Manu,bem te achei há 1 ano exatamente quando me mudei para os EUA. Agora estou de vola em Fortaleza pra terminar a faculdade de jornalismo (até te mandei e-mail com uma dúvida). O que tenho a dizer? Esse foi o melhor vídeo de todos. Tanto que publiquei no facebook e quem me pergunta algo sobre como é morar nos Estados Unidos,já vou logo repassando seu vídeo, porque foi a 1ª pessoa realista que eu vi falando sobre morar fora. Tudo o que eu penso, foi exatamente o que falou.
    Enfim, só voltei pra cá porque faltava apenas 8 disciplinas e a monografia? você acha que fiz errado? deveria ter tentado entrar em uma universidade americana, pra terminar a graduação ai em vez de no Brasil? Meu marido disse que seria bem mais caro e com certeza eles iriam querer que eu fizesse praticamente os 5 anos de novo! Então, aqui estou eu, por 1 ano no Brasil.
    Beijo, quando tiver um tempinho, responde meu e-mail?

    Responder
  15. Manu, esqueci de perguntar outra coisa, risos… Você fez o toelf no Brasil ou nos Eua?

    Responder
    1. Manu Huessy

      Eu fiz o toefl no Brasil, mas quando eu mudei pros EUA minha pontuação era baixa pro mestrado. Tipo o toefl valia 1 a 120 e eu tinha 85. Pra universidade estava ok, mas mestrado de 100 pra cima. Entao eu estudei inglês por algum tempo e fiz o toefl novamente nos Estados Unidos.

      Responder
  16. Rayane Souza

    Manu sobre viver nos Estados Unidos eu só vou poder morar aí,quando eu terminar a faculdade e quando eu juntar aquele dinheirinho.E a minha Mãe é que vai escolher o lugar onde vamos morar são muitos lugares belos.Ela já está até estudando inglês,ela ouve aulas pelo computador e pronuncia ela já aprendeu muito.Manu eu queria saber em quantos que você envestiu para morar nos eua,porque minha acha que só a passagem de avião dá pra ir,só que eu digo pra ela e os alimentos e a casa e os móveis?

    Responder
  17. Fernando Celso

    Parabéns pela iniciativa,pela qualidade do vídeo e teor de informações,e principalmente,pela caridade de orientar aqueles que também querem viver “o sonho americano.”
    Muito bacana e que Deus te abençoe.

    Responder
  18. Natii

    Amei! É assim tenho 17 anos e moro na Europa (Portugal) e hoje recebi a noticia de que que vou para os EUA terminar o high school e entrar na faculdade. Como tal tenho 9 meses para estar afinada no inglês (o que não é bem o meu forte). Queria saber como é a escola ai. O nível de exigência é alto? É fácil entrar na faculdade?

    Responder
  19. Ricardo

    Oi, eu faço jornalismo e fiquei curioso quando vc falou que também fez jornalismo. Vc trabalha aí nos EUA na área? Como vc conseguiu o emprego? Você já tinha inglês fluente? Eu tenho muita vontade de trabalhar aí com jornalismo quando eu me formar também..

    Responder
    1. Emanuella Maria

      Ola Ricardo, quando eu mudei aqui já falava inglês e fiz meu mestrado aqui nos Estados Unidos na área de Relações Internacionais e Economia. Eu trabalho aqui com comunicação e consegui meu trabalho através do meu mestrado. Boa sorte!

      Responder