wal mart viagra price

Sou Emanuella Maria (Manu), uma romântica inconsolável que adora coisas vintage e viajar. Há 7 anos moro na capital americana, Washington DC e neste espaço divido um pouco da vida no estrangeiro e o que me inspira no dia-a-dia. Falo das coisas que faço, do que gosto e o que me faz feliz.

Buscar no blog















16.01.2014

IMG_8871 cópia

Hoje terminei meus 15 dias de dieta detox e várias pessoas me pediram pelo Facebook e pelo Instagram (segue aí) para contar mais detalhes, então aqui vai…

Como surgiu a idéia

No final do ano decidi que queria melhorar minha saúde em geral e investir mais nos exercícios físicos e na alimentação saudável. Um amigo me falou que estava fazendo um detox de 15 dias com a esposa e mandou um link do documentário “sick, fat and nearly dead” (gordo, doente e a beira da morte) e fiquei impressionada com o filme. Um Australiano vem para os Estados Unidos fazer um detox de 60 dias e nesse período ele só bebe sucos. Isso mesmo, suco por 60 dias!!! No documentário você pode acompanhar a transformação da vida dele e das pessoas ao redor. É impressionante ver como ele mudou, ficou mais saudável, deixou de tomar remédios, se curou de alguns problemas de pele, literalmente virou outra pessoa. É aquele tipo de documentário que faz a lágrima descer no final.

Então eu pensei que era isso que eu estava precisando. É esse o impulse que estava faltando. Decidi fazer um detox também. Fui pesquisar na net e achei o site do criador do documentário. Hoje dia ele é life coach, dá palestras sobre “juicing” tem um site inteiro com dicas, receitas e programas de suco detox feito por nutricionistas e com resultados concretos. Fiquei fascinada com as informações e convenci meu namorado a fazer comigo. Conversei com meu médico que estava pensando em fazer essa dieta e ele deu o maior apoio, fiz meu check up anual e tudo estava normal.  Conversei com minha irmã, Mirella Sales, que está se formando em nutrição e mostrei o programa, ela me deu algumas dicas, além de recomendar manerar nos exercícios.  Com sinal verde, escolhemos o programa de 15 dias do site Reboot with Joe e começamos nosso detox dia 2 de janeiro.

O que é Detox

O Detox não é apenas uma dieta, é um tratamento que busca restaurar a saúde intestinal e o equilíbrio do organismo. Ele é muito benéfico a saúde porque faz uma faxina geral no organismo, ajuda a eliminar as toxinas e uns quilinhos extras.

Minha irmã, explicou que quando um organismo está intoxicado por falta de uma alimentação saudável e balanceada, você pode ter sintomas físicos e mentais, tais como: ” falta de concentração, sono durante o dia, insónia,  cansaço e falta de energia, má digestão, mau funcionamento intestinal, enfraquecimento do sistema imunológico, inchaço, dificuldade de perder peso, alergias, entre tantos outros problemas”

Lembrando que a dieta Detox e qualquer outra dieta, atividade ou hábito que mexa com a saúde é coisa séria. Para conseguir resultados eficazes, seguros e duradouros, se faz necessário a avaliação e acompanhamento de especialistas. Minha sugestão é que sempre procurem um medico ou um nutrólogo para que possa ter uma dieta personalizada para as suas necessidades e fazer um check up geral.

DIETA DETOX 15 DIAS

O Programa

Eu e meu namorado resolvemos fazer o programa de 15 dias do site Reboot with Joe.

primeiros cinco dias:

Cardápio: Ao acordar você toma um copo de água quente com suco de limão e gengibre. Você toma sucos 3 vezes por dia (café da manhã, lanche da manhã e lanche da tarde) e pode comer sopa ou salada no almoço e jantar.  No programa ele dá sugestão de saladas e sopas.  Todas  são vegetarianas, com pouca gordura. Alguns exemplos: Sopa de cenoura e gengibre, sopa de legumes batida no liquidificadorsalada de couve vegetariana, salada verde com frutas entre outros. E beber uma media de 2 litros de água por dia.

Do dia 6 ao dia 15: Detox de sucos

É quando o bixo pega e você passa a ingerir só sucos. Pra facilitar a vida o criador do programa dividiu os sucos em cores e lhe dá varias opções. Então o cardápio fica assim:

Ao acordar: Beba 1 copo de agua quente, com suco de limão e gengibre
Café da manhã: Um suco laranja ou Vermelho
Lanche da manhã: Beba água de coco (5ooml)
Almoço:  Um suco verde
Lanche da tarde: Um suco verde ou vermelho
Jantar: Um suco verde
Lanche da noite (opcional se tiver com muita fome): Um suco laranja
Antes de dormir: Beba chá de ervas sem cafeína e durante o dia beba bastante água

OBS: Nos primeiros dias eu bebia o suco depois do jantar, mas depois passei a só tomar chá antes de dormir. Na minha casa temos uma máquina própria pra fazer suco, que já separa a poupa da fruta. Como no Brasil não é tão comum, é mais fácil usar o liquidificador e coar no final. Eu fui mais radical e fiz o programa de 15 dias, mas algumas pessoas fazem um DETOX 3 dias ou 5 dias, então pode passar direto pro cardápio de sucos.

Os Sucos

34b63c02733311e38f680e9793ce04e7_8 (1)

Cenoura – Maçã e Limão
4 cenouras
2 maçãs
1 limão sem casca

Cenoura- Maçã – gengibre
3 cenouras
2 maçãs
1 pedaço de gengibre (2,5cm)

Suco nascer do sol (meu preferido)
4 cenouras
2 laranjas sem casca (ou o suco se preferir)
1 beterraba

65aad6c4628011e391f71261a0fce088_8

Variedade Verde
2 maças verdes
2 pepinos
6 folhas de couve

Limonada verde
6 folhas de couve
3 porções de espinafre
1 maça verde
1 pepino
1 limão sem casca ou o suco se preferir
2 salsão

Jardim das Variedades
1 maça verde
1 laranja sem casca ou o suco se preferir
3 copos de folhas verdes (pode ser couve, espinafre, acelga, alface crespa)

Super suco verde
6 folhas de alface
1 pepino
2 salsão
1 maça verde
1/2 limão sem casca ou o suco se preferir
gengibre (2,5 cm)

d8cb882c634a11e39e3812c048d57f22_8

Un-beet-able
1 maça
1 beterraba
3 cenouras
gengibre (2,5cm)
3 copos de folhas verdes (pode ser espinafre, couve, alcega ou alface crespa)

Sport spice (óptimo para tomar depois de fazer exercício)
2 beterraba
1 cenoura
3 salsões
1/2 limão sem casca ou o suco se preferir
1 laranja sem casca ou o suco se preferir
Um punhado de manjericão

Melancia Crush
2 copos de melancia
1 limão sem casca
1 punhado de manjericão

Tira as cascas, bate tudo no liquidificador e coa no final

Resultados & Considerações:

Antes de mais nada quero dizer que essa dieta não é fácil, principalmente quando você passa a tomar só liquídos. Mas depois do terceiro dia você se acostuma e não sente falta do sólido. O fato de está fazendo com meu namorado também ajudou, porque um estava motivando o outro todo tempo.

Nos dias que trabalhávamos a gente fazia os sucos na noite anterior e levava os vidros cheios de suco pro trabalho.

Li no site Reboot with Joe, que tem pessoas que continuam a fazer o programa por 30 ou até mesmo 60 dias e os  resultados são surpreendentes.

No meu caso perdi 3kg e meu namorado perdeu 6,5kg em 15 dias. É normal para o homem perder peso mais rápido do que a mulher, além disso meu namorado é um atleta e corre uma média de 10km por dia e pratica exercícios regularmente. Então com certeza o metabolismo dele é bem mais acelerado que o meu.

Além da perda de peso notei mudanças significativas no meu corpo. Minha pele limpou total e nesse período não tive nenhuma espinha, nem mesmo antes da menstruação. Passei a ir mais regular para o banheiro, principalmente quando tomava suco de beterraba. Minha barriga diminui consideravelmente, acho que porque estou menos inchada. Estou dormindo como um bebê, antes da dieta estava com um problema de insónia, acordava no meio da noite e demorava horrores pra voltar a dormir. Agora durmo minhas 8 horas sem problema nenhum.

Os primeiros dois dias você se sente um pouco fraca pois o corpo está se acostumando a dieta, mas depois disso, como bebia só líquidos e o processo digestivo fica reduzido, minha energia aumentou bastante, acho que está até melhor que antes. Minhas unhas estavam fracas e quebradiças e agora estão super fortes e pararam de descamar.

Mesmo na dieta detox estava fazendo exercícios moderados regularmente como caminhadas, yoga, andar de bicicleta e nadar. O meu namorado continuou correndo e não teve problemas.

Quando o suco era muito amargo eu adoçava com uma colher de mel, mas geralmente o sabor é delicioso e as frutas ajudam a adoçar.

O programa recomenda evitar tomar café, refrigerante, açúcar, carne, derivados de leite, suplementos, embutidos e produtos com conservantes durante o detox.  Como meu namorado é viciado em café ele tomava chá verde de manhã depois do café da manhã e ás vezes outro a tarde. Depois de três dias sem café ele se acostumou e nem precisou mais de chá.

Antes de dormir eu tomava um chá de camomila.

Vou continuar a incluir o suco na minha vida.

Google


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

27 Comentários




 
Veja também:








 

27.12.2012

cirugia da vesicula_dieta

Há 3 meses eu não sabia nada sobre a vesícula, mas como a vida é uma caixinha de surpresas, agora faço parte do seleto grupo dos “sem vesícula”. Há menos de uma semana fiz a cirurgia pra retirar a vesícula e por incrível que pareça, depois que soube que estava com o problema, descobri que vários amigos, familiares e conhecidos passaram ou estão passando pela mesma situação.  Então resolvi escrever um post contando um pouco da minha história, de como foi minha cirurgia e quem sabe eu possa ajudar alguém aqui na net que também está cheia de dúvidas como eu estava.

Antes de mais nada, se você quiser se aprofundar no assunto clica no link abaixo:

Informação sobre a vesícula biliar & pedra na vesícula

O início de tudo

Descobri que estava com pedra na vesícula em meados de outubro. Comigo foi um pouco diferente pois nunca tive a tão falada crise da vesícula, onde a pessoa pensa que está tendo um ataque de coração e quase morre de dor.  Pra mim as coisas foram mais amenas, vez por outra estava sentindo uma dorzinha na boca do estômago depois de fazer exercícios aeróbicos (como correr), ou após uma refeição. Esse incômodo não acontecia com frequência, mas resolvi ir no médico pra fazer o ‘check up’ anual. De imediato o médico achou que o meu problema era refluxo, mas mesmo assim pediu a ultrassom da barriga e com isso descobri que estava com pedra na vesícula e aí começou meu dilema.

Visitei três médicos até tomar a decisão final de retirar a vesícula. Um médico disse que os meus sintomas eram de refluxo e me passou alguns remédios pra tomar e que eu deveria aguardar por que poderia levar anos pras minhas “pedras” se manifestarem. Outro médico disse que meu problema era relacionado a vesícula, mas podia ser controlado e eu podia esperar pra ver o que acontecia. Um terceiro médico disse que os sintomas eram da vesícula, que eu tinha uma bomba dentro de mim prestes a explodir e que eu não ia querer esperar até ter uma crise de uma hora pra outra, melhor era operar e me ver livre desse problema. Resolvi seguir a opinião dele.

Pré-cirugia:

E aí tudo foi muito rápido: encontrar uma data adequada, marcar a cirurgia, pegar uma semana de folga no trabalho e me preparar psicologicamente para perder um órgão. Descobri que meu problema era genético e do lado da minha mãe já tive 4 familiares que perderam a vesícula. Uma das minhas melhores amigas aqui nos Estados Unidos fez essa cirurgia há dois anos e disse que tem uma vida perfeitamente normal e nem lembra que não tem vesícula. Além disso, minha irmã marcou uma passagem pra vir do Brasil ficar comigo após a cirurgia. Meus amigos e familiares me deram bastante suporte e assim relaxei mais.

Meu médico me pediu pra pegar leve na alimentação antes da cirurgia, pois sentiria menos náuseas depois da anestesia. Dois dias antes comecei uma dieta a base frutas, vegetais e peixe. Na véspera da cirurgia passei o dia na saladinha, minha última refeição foi as 19:00h e tive que ficar em jejum de comida e água por 12 horas antes da cirurgia.

A cirugia:

No dia seguinte tive que acordar cedo e tomar banho com um sabonete antibacteriano em casa. Dei entrada no hospital as 6:00am, as 7:30am entrei na sala de cirurgia. Fiz uma laparoscopia, onde o corte é feito pelo umbigo e eles usam uma câmera pra fazer a cirurgia. Acordei as 9:30h com um pouco de dor na barriga, dor nos ombros (segundo o médico por causa do gás que eles colocam dentro de mim) e bastante sonolenta por causa da anestesia. Fiquei mais uma hora na sala de recuperação e não tive náuseas, mas estava com bastante sede. O médico veio me ver e disse que minha cirurgia demorou 40 min e que eu estava bem e se quisesse já podia ir pra casa. As 11:00 da manhã do mesmo dia saí do hospital. Tudo muito rápido e prático.

Quando cheguei em casa ainda estava meio grogue por conta da anestesia e passeio a tarde dormindo. Quando acordei notei que minha barriga estava dolorida (mas nada insuportável). Tentei caminhar um pouco pela casa, bebi água e comi uma sopa leve de vegetais batida no liquidificador. Minha irmã estava sempre por perto e me ajudava a sentar e levantar.

Pós-cirugia:

Hoje está completando uma semana que fiz minha cirurgia e estou me sentindo muito bem. Os primeiros dois dias são os mais “hardcores”. A barriga está dolorida, coisas simples como sentar e levantar incomodam bastante e o excesso de ar dentro da gente incomoda um pouco. Tentei não ficar deitada o tempo todo, pois caminhar ajuda o ar sair. Estou bebendo bastante líquidos (água, suco de frutas naturais e água de coco).  Os primeiros 3 dias comi tudo em forma pastosa: sopas, mingau de aveia, vitaminas de frutas, purê de batatas e depois fui incluindo comida sólidas aos poucos (arroz, pasta, peito de frango desfiado, peixes). Por enquanto estou levando uma dieta “fat free” sem gorduras, não estou comendo carne vermelha, ovos e nem nada derivado do leite.  O médico disse que a dieta do pós-operatório é essencial pra recuperação pois o corpo precisa aprender a viver sem a vesícula.

Hoje quase não sinto mais dor na barriga, de vez em quando sinto um puxãozinho do lado direito (acho que onde ficava a vesícula), mas deve ser normal pois fui operada há uma semana. Tenho evitado esforços físicos , não tive problemas de diarreia (como muita gente comenta). Pelo contrário, fiquei um pouco com prisão de ventre depois da cirurgia da vesícula, mas estou tentando comer fibra e bebendo suco de ameixa e isso tem ajudado bastante.  A única coisa que me incomoda depois da cirurgia é que minha barriga tem feito mais barulhos depois que como qualquer coisa, mas espero que isso passe com o tempo. Ainda não incluir a gordura de volta a minha vida e confesso que estou com um pouco de medo. No mais estou bem, perdi 2kg com essa dieta da sopa, estou adorando a atenção dos amigos , todo dia alguém vem me visitar trazendo uma surpresinha. Claro que estou tentando ter auto-confiança com tudo isso e  procuro acreditar que nada vai dar errado, como comentei no post anterior, que na vida ás vezes temos que enfrentar o inevitável e nesses momentos a melhor atitude é a positiva. <3

E vocês já fizeram essa cirurgia ou conhecem alguém que fez a cirurgia da vesícula? Podem deixar um comentário dizendo como foi, detalhes de como está sendo a vida sem a vesícula. Podem comer de tudo? Engordaram? Perderam peso?


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

129 Comentários




 
Veja também:








 

17.09.2012

Complementando o post anterior, segue algumas inspirações para aqueles que querem praticar Yoga em casa. É claro que é incrível práticar Yoga em um estúdio e ser motivado por um instrutor qualificado para se certificar de que você está atingindo o seu potencial, mas há algo tão relaxante sobre a possibilidade de apenas se alongar, meditar e se libertar num espaço que você pode chamar de seu refúgio.

Eu pratico Yoga num estúdio 3x na semana, mas nos outros dias gosto de praticar em casa na minha varanda. Ela fica bem reservada e tem várias plantas, além disso me sinto super energezizada com a luz do sol. Se você optar por praticar Yoga em casa, você vai ter uma incrível experiência, principalmente se tomar um tempinho para criar um espaço aconchegante que é destinado para a prática da Yoga e da meditação. Não precisa ser a sala da Yoga mas pode ser o “canto yoga”. Um lugar calmo e relaxante onde sua mente e seu corpo irá se acostumar a ele, tornando mais fácil para você relaxar e se concentrar a cada momento.

E aqui segue algumas dicas:

Escolha um local

Há muito a considerar quando escolher um local para o seu espaço de yoga. Este ponto é para ser relaxante e calmante, então escolha um lugar que facilmente permite essas coisas. Pense sobre a iluminação do quarto – se você vai estar fazendo yoga durante o dia, escolha um local que permite a entrada da luz solar. Isto irá energizá-lo e vai ajudá-lo a sentir-se mais perto da natureza. Se possível abra as janelas e você vai se sentir ainda mais conectado ao universo!

Mude as paredes

Se possível pinte as paredes uma cor calmante como verde menta, lavanda, ou pêssego. Você ficará surpreso como a cor de um ambiente pode ajudá-lo a relaxar. Se você não tem tempo ou recursos para pintar as paredes, pode pendurar um quadro que te transmite paz espiritual ou uma tecido com uma estampa harmoniosa.

Sinta-se perto da natureza

Espero que você tenha escolhido um local que permite muita luz natural e uma brisa agradável. Para chegar ainda mais perto da natureza, espalhe um monte de plantas pelo ambiente. Não só vida vegetal vai te fazer se sentir bem-vindo e feliz, mas também as plantas vão remover o dióxido de carbono em excesso do ar. Se você puder colocar uma pequena fonte artificial irá ajudar a encontrar mais harmonia. O som de água corrente irá relaxar sua mente, permitindo que você se concentre na sua respiração.

Perfume o seu espaço

Há toneladas de benefícios dos diferentes tipos aromas, como ajudar a relaxar sua mente e energizar seu corpo. Isso é super útil durante a prática de yoga, para escolher seus aromas preferidos, perfume o seu espaço de yoga na forma de óleos essenciais, velas, incenso, ou todos os três!

Tenha o essencial

Uma vez que você tiver o seu cantinho para praticar os exercícios, você só precisa do básico. Vista uma roupa confortável, pegue sua esteira, sua música, sua água, e você está pronto para começar. Divirta-se!!


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

5 Comentários

Categorias: outras coisas | Tags: , ,



 
Veja também:








 

16.09.2012

Outro dia eu li um artigo que falava que pra conseguir a felicidade plena é necessário encontrar um balanço na vida e aprender a entender melhor quem é você, a se conhecer, conhecer seus sonhos, seus desejos, seu corpo e aprender a se amar e respeitar seus limites. Mas não é fácil conseguir encontrar esse balanço no stress e na correria do dia-a-dia. O caminho para o auto-conhecimento é longo e principalmente nos momentos loucos da vida. Então como parar? por onde começar?

E assim meio que por acaso a Yoga entrou na minha vida, num momento em que tudo ao meu redor estava super acelerado e cheio de mudanças. Uma amiga super querida, me deu de presente o livro Autoperfeição com Hatha Yoga do Jose Hermogenes. E esse livro ficou criando poeira na minha cabeceira por meses, até que um dia resolvi ler. Esse livro me fez entender melhor a Yoga, os benefícios do Yoga e o básico sobre as posturas, as poses, os exercícios. E a partir daí a yoga passou a fazer parte da minha vida de uma forma intensa. Há alguns meses venho praticando yoga regurlamente de 3 a 4x por semana. Geralmente faço uma classe de hora com um instrutor num estúdio de Yoga perto do meu trabalho, mas as vezes faço em casa sozinha por 15 a 20 min para alongar e relaxar depois de uma corrida ou antes de dormir. Para mim o Yoga só trouxe benefícios físicos, mentais e espirituais.

E concordo que definitivamente a Yoga é para quem está disposto a se conhecer e aprender mais sobre o seu caminho e suas ideias, mas também para quem quer praticar um exercício físico saudável no seu próprio passo.

O certo é que a yoga tornou-se uma das atividades que mais vêm crescendo no mundo. De acordo com o Yoga Journal, um dos mais importantes veículos de comunicação a respeito do tema nos Estados Unidos, existem cerca de 50 milhões de praticantes só aqui nos EUA.

Segundo o livro do Hermogenes, a yoga é fácil de ser feita, podendo ser praticada por qualquer pessoa a partir dos sete anos, desde que se respeite as condições físicas de cada um. Ou seja, gestantes, crianças, adolescentes, obesos, idosos, todos têm vez e podem se iniciar no assunto.

Bem separei algumas razões porque mais e mais pessoas estão praticando a Yoga:

<3 Por fora, o corpo adquire força, flexibilidade e tonicidade. Por dentro, acontece uma grande melhoria no funcionamento de vários órgãos e sistemas – como nervoso, sangüíneo e circulatório -, além da redução ou eliminação de problemas respiratórios.

<3 Yoga relaxa o corpo e a mente. Mesmo em meio a ambientes estressantes, a Yoga ajuda a controlar a respiração e limpa a mente de pensamentos desordenados, deixando apenas a profunda renovação física e mental.

<3 Yoga pode ajudar a normalizar o peso corporal. Os princípios de equilíbrio e moderação na atividade física e dieta da Yoga também podem levar a uma vida saudável.

<3 Já para quem sofre de estresse, insônia, depressão, entre outros tipos de inquietações, funciona como um santo calmante.

<3 Yoga aumenta o seu nível de energia e produtividade e ajuda na concentração.

<3 Yoga conduz a um verdadeiro contentamento interior e auto-realização. A meditação, é um dos aspectos da Yoga para concentrar a mente, levando-a longe das distrações do mundo altamente materialista e levando-a a verdadeira felicidade.

 


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

9 Comentários

Categorias: outras coisas | Tags: , , ,



 
Veja também: