Sou Emanuella Maria (Manu), uma romântica inconsolável que adora coisas vintage e viajar. Há 7 anos moro na capital americana, Washington DC e neste espaço divido um pouco da vida no estrangeiro e o que me inspira no dia-a-dia. Falo das coisas que faço, do que gosto e o que me faz feliz.

Buscar no blog











26.03.2012

Como o clima aqui está em transição, anda chovendo muito e a noite sempre esfria um pouco, ideal pra comer uma sopinha deliciosa. E esses dias fiz uma sopa típica da região das montanhas aqui dos Estados Unidos, Vermont. Google aí pra ficar chocada com as imagens, de tão lindo que é. Então aqui vai a receita deliciosa da terra dele que é facinho de fazer.

Ingredientes (serve 5 porções):

1kg de batata
1 xícara (chá) de bacon em cubinhos
1 colher cheia de alho espremido
1 lata de milho verde escorridas
1 cebola pequena picada
1 cenoura média em cubinhos
1 cubo de caldo de galinha
1 litro de água fervente
1 xícaras (chá) de creme de leite
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
Sal a gosto
Coentro picado para polvilhar

Modo de preparo
Descasque e pique a batata em cubos pequenos e não coloque na água. Aqueça uma panela grande e frite o bacon sem óleo, na própria gordura até dourar.  Na gordura do bacon, na mesma panela, doure a cebola e o alho, logo adicione a batata. Refogue por 5 minutos. Coloque o milho e a cenoura e refogue por mais 3 minutos. Adicione o caldo de galinha e a água. Espere levantar fervura e abaixe o fogo. Cozinhe por 25 minutos. Para dar uma engrossada no caldo retire um pouco do liquido e misture num copo separado com a farinha de trigo. Misture ate desaparecer os caroços de farinha e misture-o depois, de leve, no preparo, tendo cuidado para não encaroçar. Cozinhe por mais 5 minutos, adicione o creme de leite e cozinhe por mais 3 minutos. Coloque sal e pimenta a gosto. Polvilhe com coentro picado.


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

4 Comentários

Categorias: receitas yummy | Tags:



 
Veja também:








 

05.01.2012

Ano passado eu morei quase três meses no Equador e entre a diversidade de alimentos novos que conheci, fiquei encantada com a Quinoa. A Quinoa é um grão originário dos Andes (Bolivia, Peru, Equador), com alto poder nutritivo. Ela é super importante na dieta do povo andino e vem sendo consumida pelos incas há mais de oito mil anos.

Hoje em dia a Quinoa é o grão que comemos com mais frequência aqui em casa. É integral, rico em proteínas, vitaminas e minerais (100gr de Quinoa tem: 15gr de proteínas, 68gr de carboidratos, 286mg de fósforo, 112mg de cálcio, 9,5mg de ferro), também tem vitaminas B1, B2, B3, vitaminas C e E. Uma boa fonte de fibras e fica pronto em poucos minutos. Bom né?

Conversei com minha irmã e ela disse que a Quinoa ainda não é tão conhecida no Brasil, e muitas pessoas ainda relutam em incorporar o grão na mesa todos os dias. Mas a vantagem da Quinoa é que ela tem um sabor leve e fica bom com qualquer coisa. Eu geralmente substituo o arroz pela Quinoa, ou faço em forma de salada, um tabule e muitas vezes nem acrescento carne.

Muitas pessoas não sabem como cozinhar a Quinoa, então resolvi ensinar aqui o jeito mais fácil de fazer.

Como qualquer grão, a Quinoa precisa ser lavada. Geralmente eu coloco dois copos de Quinoa numa vasilha.

Depois eu cubro a Quinoa com água fria.

Lavo bem e passo pela peneira pra tirar todo excesso de água.

Coloco três copos de água pra ferver (você pode incluir qualquer tempero na água, ou temperar a Quinoa no final). Nesse caso eu estou só usando a água mesmo.

Quando a água estiver fervendo, acrescente a Quinoa, reduza o fogo pra baixo-medio e cubra com uma tampa.

Cozinhe por 16 minutos ou ate toda a água evaporar.

E voilá, esta pronto!!

Ontem eu tive Quinoa pro almoço e resolvi fazer uma salada diferente, misturada com fruta, queijo e rúcula e ficou deliciosa. Depois que soltei a imagem no Facebook, varias pessoas me pediram a receita, então segue a baixo

Salada de Quinoa e Morango da Manu

1 xícara de Quinoa, cozida
1 xícara de morangos picados
85g queijo de cabra, esfarelado
½ xícara de rúcula picada
1 colher de manjericão picado
¼ xícara de vinagre balsâmico
sal a gosto
2 colheres de sopa de cebola, bem picadinha
2 colheres de sopa de mel

Em uma tigela adicione a Quinoa, morangos, queijo de cabra, manjericão, rúcula e misture. Em outra tigela, misture o vinagre balsâmico, sal, cebola e mel. Regue a mistura de balsâmico sobre a mistura de Quinoa e misture bem. Sirva imediatamente.

(Rende duas saladas grandes, ou 4 saladas pequenas para acompanhamento.)


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

7 Comentários

Categorias: receitas yummy | Tags: , ,



 
Veja também:








 

18.12.2011

Faz tempo que eu não cozinho, mas a culpa não é minha, é do meu marido que adora cozinhar. Vire e mexe ele tá na cozinha preparando alguma coisa. Lá em casa ele que faz as compras no supermercado, eu só digo o que quero, coloco na listinha, e ele vai lá todos os sábados pela manhã. Acho ótimo, porque ele sempre acorda cedo e eu posso ficar dormindo até tarde, e quando acordo ele já vem com o café da manhã na cama. Um fofo, não é?

Na semana ele é que faz o jantar também. É como se fosse a terapia dele.

Como ele é o chef da casa, eu quase nem entro na cozinha. Tô mal acostumada. Mas eu gosto de dar pitaco no menu do dia e de vez em quando eu invento umas “loucurinhas”. Tipo uma vez que inventei da gente virar vegetariano por uma semana, e aí passamos sete dias só nos vegetais, frutas e saladinhas. Foi bom sabe, mas eu fiquei louca por um bom bifão no final da semana. Teve outra vez que a gente ficou um tempo sem comer glutém. Ai jesus, nesse ai quase morri. Sem pão, sem massa, sem isso, sem aquilo.. Mas enfim essas coisas ajudam a sair da rotina, mas de vez em quando dou a trega e peço pra ele fazer um sushizinho, ou aquele frango indiano sensacional do restaurante tal que a gente comeu no nosso aniversario de casamento, ou aquela coxinha com queijo catupiry que eu tanto adoro. Ahh meninas, meu marido cozinha até os quitutes brasileiros, pense!!Mas enfim, propragandas a parte, o rapaz aí já tem dona hahahahaha.

Hoje em casa foi diferente,  eu disse pra ele pra relaxar que ia cozinhar. Tava com saudade de mimar meu gringuinho, então fiz um jantar simples para relembrar a nossa última viagem pra espanha. Uma paella, nada muito afrescurada, mas com sabor de final de semana.

Aqui vai a receita…

Paella Fácil da Manu

1 pimentão vermelho cortado em tirinhas.
1 pimentão verde cortado em cubinhos.
1 cebola picada em cubinhos
1 abobrinha picada em cubinhos
4 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de salsinha picada
1/2 xícara de chá de cogumelos paris picados
1/2 xícara de chá de ervilhas
1 lata de tomate pelado
1 colher de sopa de molho de pimenta
Azeite de oliva
1 1/2 xícara de chá de arroz de risoto ou de paella
Cubinho de caldo de peixe (ou frango se preferir um sabor menos de “mar”)
1 1/2 lingüiça calabresa
150g de camarões
Sal a gosto
1 colher de chá de paprika
1/2 coher de chá  de açafrão em pó
1 colher de chá de cumin

Leve a panela ao fogo médio para esquentar. Quando estiver quente, coloque a lingüiça calabresa e a deixe dourar. Não é preciso colocar azeite pois a lingüiça solta gordura suficiente. Quando a lingüiça dourar, jogue os camarões, deixe fritar por uns 3-4 minutinhos, misturando bem e retire da panela, escorra o oleo e reserve.

Aproveite o oleo da linguiça e do comarão e coloque mais 2 colheres de sopa de azeite de oliva e junte a cebola pra refogar por uns dois minutinhos, acrescente o alho, refogue um pouco mais e logo em seguida acrescente os pimentoes e o tomate pelado. Refogue tudo por 5 minutos e tempere com sal. Junte os os cogumelos e abobrinha. Adicione a paprika, o açafrão, o cumin e o molho de pimenta. Deixe refogar por mais 3 min e depois acrescente o arroz. Misture bem pra pegar gosto e vai acrescentando agua quente aos poucos até cobrir tudo. Lembre-se que pra cada xicara de arroz, coloca-se duas xicaras e meia de agua. Jogue o caldo de peixe no arroz, cubra a penela, deixe no fogo mégio e aguarde. Vez ou outra cheque o arroz, der uma mexidinha, não deixe grudar no fundo, prove se está bom de sal e se precisar acrescente um pouco mais de agua. Quando estiver naqueles minutos finais que a agua ja formou uma calda grossa e esta quase pronto, misture as ervilhas, a linguiça calabresa e o camarão que estavam reservados. Por ultimo jogue a salsinha por cima. Misture bem..

Agora amiga, é só abrir o vinho e aproveitar por que a noite vai ser óoooooootima!!


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

5 Comentários




 
Veja também:








 

16.10.2011

Faz é tempo que não escrevo na tag comidinhas. Na verdade, eu me aposentei da cozinha depois que casei hahahahaha. Ao contrário de muitos homens, meu marido adora cozinhar e hoje em dia ele é um maravilhoso chefe de cozinha. Pra mim foi otimo, porque não sou muito chegada a ficar na cozinha, mas adoro comer bem. Ele não sabia cozinhar antes de casar, mas aprendeu direitinho e se arrisca em diferentes culinarias, inclusive na brasileira. Por exemplo, nessa semana recebemos uma amiga para jantar e ele fez um frango com lentilhas, uma receita indiana que ficou maravilhoso. Na minha ultima festa, no brunch com as amigas, ele fez pão de queijo e coxinha e hoje o almoço foi sushi. Maravilha, não é?!

Morro de orgulho, porque acho lindo homem na cozinha. Fico só por ali tomando uma tacinha de vinho, acompanhando com os olhos e salivando ansiosa pra comer alguma coisa especial que ele vai fazer. E olha que quando a gente se conheceu ele comia miojo com ovo. Serio gente, tudo na vida você pode aprender e quem sabe vira um hobbie gostoso?! =)

Fazer sushi é fácil e hoje em dia você encontra tudo que precisa pra fazer um bom sushi em qualquer bom supermercado. Mas cuidado na hora de escolher o peixe, se você decidir usar peixe cru no seu sushi. Você não pode usar qualquer tipo de peixe cru, procure por peixes específicos para sushi ou sashimi. Peixe comum não é manuseado com a intenção de ser preparado cru, então é provável que contenha bactérias e parasitas que apenas podem ser removidos através de cozimento. Peixes de água doce não são adequados para serem consumidos crus. Quando você encontra o tipo certo de peixe, certifique-se de que seja fresco.

Pode-se usar diferentes recheios no sushi, desde atum, salmão, robalo, kani, kama, camarão. Tiras de pepino japonês, cenoura e abacate são boas pedidas para um sushi vegetariano. Neste caso, recomendo substituir o wasabi (pimentinha japonesa) por um pouco de maionese. Você pode mesclar também, peixe com os vegetais. Eu amo tudo com abacate!!

O melhor é fazer sushi e saboreá-lo logo em seguida. Se quiser guardá-lo para para comer mais tarde, envolva os rolinhos em filme plástico e só corte na hora de comer. Não guarde por mais de uma dia na geladeira e use peixe o mais fresco possível.

 

Bem a gente pegou a receita do sushi caseiro AQUI, mas esse video no youtube também tem dicas ótimas.

E bom apetite!!!


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

4 Comentários

Categorias: receitas yummy | Tags: ,



 
Veja também:








 

26.07.2009

Uma das coisas que mais sinto falta aqui nos Estados Unidos são as comidas brasileiras, principalmente as gordurosas que a gente encontra em toda lanchonete no Brasil. Eu amo coxinha, pastel, risoles, hmmm pão de queijo. Ai, ai, um pecado!! Por aqui tem até uma padaria brasileira que vende pão de queijo congelado, mas fica super longe da minha casa além de ser caríssima. O pão de queijo sai por $2,00 e nem é essas coisas toda.

Então resolvi tentar uma receita que uma amiga me deu e não é que deu certo. Super facinho de fazer, essa receita rende uns 45 pão de queijo pequenos. Ótimo para um lanchinho no final da tarde ou como aperitivo numa festinha.

Ingredientes:

2 copos de polvilho doce (500g)

1  copo de de leite (300ml)

½ copo de agua

½ copo de manteiga ou margarina (derretida)

2 ovos

2 copos de queijo de minas ralado (ou queijo parmesão)

óleo para untar

Pré-aqueça o forno em 375F. Em uma panela ferva a água, leite, óleo e o sal , quando ferver voce coloca o polvilho doce e misture bem, sovando ate criar uma massa homogena. Quando a massa estiver morna acrescente o queijo parmesão e os ovos, amasse novamente. Faça as bolinhas com a ajuda de uma colher, se ficar muito grudento, unte as mãos com um pouco de oleo. Asse por 25 min ou até que elas fiquem douradas.

DSC_0521.preview_0DSC_0523.preview_0DSC_0525.preview_0DSC_0526.preview_0pao


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

4 Comentários

Categorias: receitas yummy | Tags:



 
Veja também: