wal mart viagra price

Sou Emanuella Maria (Manu), uma romântica inconsolável que adora coisas vintage e viajar. Há 7 anos moro na capital americana, Washington DC e neste espaço divido um pouco da vida no estrangeiro e o que me inspira no dia-a-dia. Falo das coisas que faço, do que gosto e o que me faz feliz.

Buscar no blog















07.08.2011

Ano passado nessa mesma época do ano eu estava morando no Equador, foram 75 dias inesquecíveis nesse país maravilhoso. O tempo foi tão intenso por lá que o blog entrou de férias, o twitter ficou de lado e eu mal tinha tempo de ligar pro meu marido e minha família no Brasil.  Fui pro Equador por conta do meu mestrado, fazer uma pesquisa na área de gênero e raça, uma imersão no meu espanhol e claro, conhecer melhor esse pais lindo.

Confesso que antes de ir pra lá, estava meio receosa, tinha a possibilidade de ir pro Chile, Argentina e Equador. Mas eu já conhecia a Argentina, o Chile nos meses de maio a agosto é bem frio e não sou muito chegada no espanhol dos chilenos, então por falta de outras opções fiquei com o Equador.  Foi a melhor escolha que eu poderia ter feito. Todos os dias naquele país foram uma surpresa e hoje guardo recordações maravilhosas e lembranças lindas do meu período por lá.

As surpresas da viagem começaram quando eu ainda estava no avião e de cima, percebi que a capital Quito, fica no meio das montanhas e vulcões, então a vista lá do alto é magnífica. E quando você sai do avião, mas uma surpresa,  porém nem tanto agradável como a vista: Quito fica a mais de 2.000 metros do nível do mar,  e como a gente não está acostumado a altitude, o corpo precisa de 2 dias pra se ajustar. Então você se cansa super rápido, pode ter umas tonturas, dor de cabeça, mas nada que um chazinho e boas horas de sono não resolva.

O Equador é um país pequeno em dimensões, porém grande em diversidade principalmente natural e turística. Para onde você for é como entrar em um novo país. E quem vai ao Equador não fique apenas em Quito, aproveite bem a viagem e  conheça o país inteiro que é menor que o estado do Ceará. No meu roteiro, passei por Quito, Otavalo, Baños, Riobamba, Cuenca, Guayaquill, Puerto Lopez, Pelas praias de Montañita, e Atacames, Fui a Quilotoa, Mindo, fui a Napo, Tena (Oriente/Amazonia Equatoriana). Terminei a viagem passando uma semana no arquipelágo de Galápagos, mas vou deixar pra fazer depois, um post especial sobre essas ilhas fantásticas.

Segue algumas dicas de viagens para o Equador:

Em quito reserve pelo menos uns três dias. Fique hospedada no Bairro de Mariscal e faça o passeio a pé entre Mariscal x Centro histórico. O Centro Histórico de Quito é um dos mais preservados da América do Sul. A noite faça um passeio pelo Bairro de Mariscal, pois vai encontrar diversos bares e restaurantes cheios de viajantes do mundo todo!

Se puder vá até o Cerro El Panecillo pra tirar fotos panorâmicas da cidade ou no Parque Itchimbia, ou então, faça os dois. Dependendo do tempo é possível avistar os vários vulcões da região. Se ficar mais uma dia pode até pegar um ônibus e ir até o Parque Nacional Cotopaxi pra fazer um passeio até a base do Vulcão Cotopaxi. Tire também um dia para ir visitar a “mitad del mundo”. Outra dica que dou é visitar o Museo Guayasamin que é fantastico.

Tire uns dois dias e visite Baños. Quando fui por lá o vulcão tunguraua estava acordado e estava soltando fumaça e cinza, e a noite saia umas faísca, enquanto isso eu ficava tomando banho numas piscinas de águas termais. É incrível dormir e escutar o rugido do vulcão.  No outro dia, vá até Puyo de  bicicleta alugada e  na volta venha de ônibus com a bike em cima.

Imagem do vulcão Tunguraua soltando fumaça #medo

Imagem do vulcão Tunguraua soltando fumaça #medo

Não deixe de visitar a feira indígena de Otavalo e compre um casaco de Alpaca por lá. É um povoado muito lindo, com lindas paisagens e perto do Lago San Pablo.

Se a tua paixão é a cultura espanhola Cuenca é o lugar certo, vai ter um montão de coisas para voce conhecer, se trata de uma cidade pequena mas com muita coisa para descobrir, tanto da cultura espanhola, quanto a cultura Inca e Indígena. Tem igrejas em cada esquina, e tem muita historia por tras delas. Lá também esta o parque Cajas que é um dos parques mais lindos do mundo e ninguém conhece, recentemente ele foi reconhecido como patrimônio natural da Unesco.

Se for a Riobamba não deixe de subir no vulcão Chimborazo, Eu consegui ir até 6310m de altura e devo confessar que estava totalmente despreparada fisicamente. A respiração estava ofegante, as pernas cambaleantes, tava frio pra caramba, mas foi incrível.

Agora umas das paisagens mais bonitas que já vi na minha vida foi no povoado de Quilotoa, onde tive a oportunidade de visitar o lago que fica dentro de um vulcão desativado. Durante o dia fiz trekking , peguei carona na boleia de caminhão, fiz visitas a povoados indígenas e vi uma paisagem muito bonita, com imagens deslumbrantes.

Quilotoa

Quilotoa

Onde está wally? Consegue me encontrar na foto?

Onde está wally? Consegue me encontrar na foto?

Não deixe de visitar as praias de Montañita e Atacames. Claro que você não pode comparar com as praias do ceará. A água é um pouco mais escura e a areia não é branquinha, mas não deixa de ser lindo.

Outro passeio fantástico é conhecer o Oriente, a Amazonia Equatoriana. Visite a cidade de Tena e faça um passeio de barco, vá visitar os povoados indigenas vizinhos, que são super isolados e única forma de se locomover  por lá é através de barcos. Visite também uma caverna que tem tena onde tem rios escondidos passando por de baixo da terra e deixa bonito no Brasil, no chinelo.

Roupas:
O clima de Quito é tropical, mediano, de manhã faz calor e a tarde pode esfriar ficando em média de 15 a 20C. Leve um guarda-chuva ou uma capa de chuva, pois pode chover. Leve roupas de frio, pois a maioria dos povoados ficam em altitudes altas e vai esfriando, esfriando e pode chegar a fazer abaixo de zero a noite, e caso queira ir até a base do vulcão cotopaxi vai precisar de roupas em camadas. Esse post AQUI é muito bom e ensina como se vestir em camadas para esses tipos de viagens.

Dinheiro: Há dez anos o Equador usa o dólar americano como moeda principal. Cuidado com as “notas grandes” porque pra trocar precisa até da assinatura do Papa, então é melhor não arriscar.

Transporte: O transporte público no Equador é muito barato, o ônibus custa em media $0,25, mas eu recomendo andar de taxi dentro das cidades. Como toda grande cidade da America latina o transporte publico é um caos, os ônibus estão sempre lotados,  são velhos e uma demora. Alem disso, o taxi no Equador é incrivelmente barato. Uma viagem do aeroporto pra Quito (que dura uma média de 15min) custa $5,00. Então qualquer viagem de taxi na cidade custa em media $0,80 – $1,00. Barato demais!! Em relação a viagens dentro do país, recomendo ir de ônibus ou com um motorista especializado que conhece bem as estradas. Muitas cidades no Equador ficam em altitudes altas e as estradas são péssimas, cheias de curvas tenebrosas e super estreitas. Eu particularmente, não me senti confortável em dirigir por lá. Muitas vezes fiquei super tonta com várias curvas e descidas, por isso recomendo andar sempre com remédio pra enjôo na bolsa.

Comida: Uma das formas de conhecer a cultura de um país é conhecer a comida. E no Equador você não vai se arrepender. O pais foi abençoado com uma vasta variedade de frutas e comidas. Lá comi frutas exóticas e maravilhosas que nunca vi na minha vida. Se tiver a possibilidade, passe num mercado e compre algumas frutas típicas, você não vai se arrepender. Não deixe de provar um “locro de papas” uma sopa maravilhosa de batata, queijo e uns pedacinhos de abacate. Yummy!!  Se tiver de ressaca coma um bom ceviche de camarão. Eu percebi que quanto mais alto mas diferente é a comida e um dos pratos mais apreciados é o cuy, um cozido de porquinho da India, que por centenas de anos é o prato preferido dos povos indígenas. Não coma comida na rua, principalmente se você tiver um estômago fraco. Eu tive uma péssima experiência com uma empanada que comi na rua e fui parar no hospital, não recomendo essa experiência pra ninguém. Então tente beber água mineral e procure comer em lugares mais higiênicos.

mindo - cloud forest

mindo - cloud forest

Sei que muita gente que planeja uma viagem ao exterior pensa primeiro nos Estados Unidos e Europa e acabam esquecendo os países vizinhos. Eu acredito que o Equador deveria subir na sua lista para a próxima viagem.


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

11 Comentários

Categorias: viagens | Tags: ,



 
Veja também: