Sou Emanuella Maria (Manu), uma romântica inconsolável que adora coisas vintage e viajar. Há 7 anos moro na capital americana, Washington DC e neste espaço divido um pouco da vida no estrangeiro e o que me inspira no dia-a-dia. Falo das coisas que faço, do que gosto e o que me faz feliz.

Buscar no blog











14.11.2011

Eu nem preciso virar minha cabeça para perceber o recente fascínio que a coruja tem recebido quando o assunto é decoração. Essa criatura noturna, silenciosamente se tornou a inspiração para o design de uma coleção diversificada de acessórios para casa, em uma escala muito interessantes de interpretações. A gente encontra de tudo por ai, desde lâmpadas, almofadas, esculturas, vasos e até mesmo arte para parede. O engraçado é que ha algumas décadas teve um período que as pessoas eram obcecadas por corujas, mas depois passou, porem agora voltou com força total. É a febre da coruja.

Eu particularmente adoro corujas desde pequena. Ela é considerada o símbolo da sabedoria, e também o símbolo da filosofia para muitos filósofos.  Existe uma superstição popular que diz que as corujas podem adivinhar a morte. Eu nunca acreditei nessas coisas da crendice popular, e tinha uma coruja que sempre ia dormir no quintal da minha avo. Ela ficava paradinha por horas e podia virar o pescoço acompanhando cada passos das pessoas em 180 graus. Eu adorava ficar correndo de um lado pro outro pra observar a coruja virando o pescoço…  Hoje em dia o meu marido me chama de : “my little owl” “minha corujinha”, porque eu troco o dia pela noite.

 


Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

8 Comentários

Categorias: décor, inspiração | Tags: ,



 
Veja também: