Sobre as pequenas coisas da vida

photo-1432836431433-925d3cc0a5cd

“Aprecie as pequenas coisas, pois um dia você vai olhar para trás e perceber que eles eram grande coisas  “. Robert Brault

Eu sempre fui muito cautelosa com as pequenas coisas da vida, pois elas são como uma moeda de duas faces. De um lado podem roubar minha serenidade e tirar minha paz de espírito. Por outro lado, elas podem ser como pequenos pedaços do paraíso, que transformam meus momentos em especiais e me fazem sorrir.

Mas aí me pergunto: como eu posso me deixar derrotar por pequenas coisas?

Há mais de 3 séculos, existia uma das piores torturas já criadas na história da humanidade que se chamava a “Gota Chinesa”. A técnica consistia em deixar o prisioneiro preso a uma cadeira por dois meses sem poder se movimentar e com incessantes pingos d’água na cabeça a cada cinco segundos. A maioria das pessoas ao final da tortura enlouquecia e os que não enlouqueciam ficavam seriamente debilitados devidos aos ferimentos na cabeça e aos músculos rijos.

ou seja, pequenas coisas podem se tornar grande coisas

Minhas pequenas gotas caindo na minha testa:

Pisar em arroz cozido no chão da cozinha
Roupas espalhadas pelo quarto
Fome
Quebrar a unha
Pessoas rabugentas na fila reclamando

Por outro lado, as minhas gotas de felicidade são:

Andar descalça
Dia de folga e não ter nada pra fazer
Andar na chuva
Sentar num banco da praça e ver o movimento da vida
Comer pasta
Dormi de conchinha
Café da manhã na cama

Hoje eu sei que cada pequena coisa vai ter o valor que atribuímos a ela. Ela pode ser a gota que vai nutrir a minha alma com gratidão ou ser a gota de lágrima caindo no meu travesseiro.

Portanto, eu te pergunto, quais são as suas gotas d’água?

Exercício

Crie uma lista para as suas pequenas gotas. Tanto as gotas de felicidade e outra lista para as suas goteiras que te incomodam. Depois compare as duas lista e se pergunte o que tem que ser tirado ou o que tem que aumentar na sua vida? Qual o valor que você está atribuindo a essas pequenas coisas.

Fique a vontade para dividir sua lista nos comentários.

Deixe um comentário!

9 comentários

  1. Texto maravilhoso! Na correiria do dia-a-dia, a gente não tem se dado conta da "goteiras" q tem nos esvaziado, esgotado. Nem nos "goles" q podem nos saciar instantaneamente. Vou fazer o exercício de identifica-los e fazer uso apropriado deles. Beijos agradecidos!

    Responder
  2. Ambiente Vistoriado

    Oi Fabiana, fico feliz que gostou do texto. É bem interessante fazer esse exercicío de reconhecer essas pequenas coisas da vida e como elas nos afeta.

    Responder
  3. Camila Faria

    Manu, que texto lindo. De vez em quando eu percebo pequenas “gotas d’água” tirando a minha paciência e o meu bom humor… mas é importante lembrar também das gotinhas do bem, pequenas delícias que fazem o efeito contrário e restauram nossa fé na humanidade. <3

    Responder
  4. Talita Mikar

    Amei o texto, as coisas simples da vida realmente fazem toda a diferença, enquanto a grande maioria das pessoas só aprendem a ser felizes com “grandes coisas” eu também sou muito feliz no meu dia a dia fazendo coisas simples como caminhar pelo bairro em um dia de sol, passear numa praça e outros.

    Responder
  5. Carla

    Olá
    Manu
    Amei conhecer-lhe, foi através das minhas tristezas constantes, que me fez procurar uma saida para mim, aqui pela Internet. E não foi por acaso.Deus sempre mostra quem nos pode ajudar. Obrigada pela força e a oportunidade de aprender.
    Vou tentar fazer tudo que poder, visto o meu País não ter grandes Opções.
    Saudações
    Carla Costa

    Responder
  6. Rubiana Moreira

    Nossa! Gota chinesa! Nessa você foi a fundo! 😉
    As pequenas coisas são realmente importantes. São elas que fazer a diferença no todo.

    Responder
  7. Ana Celia Furtado

    É tão simples ser feliz! Na verdade uma decisão; percorrer um caminho que nos agrada ou nos deixar levar pelo negativismo. Já tomei a minha decisão. Minha lista de gotas de felicidade: fazer um bolo pra quem amo, sentir o cheiro se espalhar pela casa, dar uma colher de chocolate para meus meninos lamberem, sentir o cheiro da terra molhada depois da chuva, "caçar" borboletas com os olhos, fazer bolhas de sabão, receber um beijo, abraçar quem amo, tocar piano, observar os pássaros, sentir o sol entrar na minha pele, dançar (sem parar) a hora que me der na telha, comer um pão saído do forno com muita manteiga, rever velhos amigos, lembrar da minha infância, lembrar dos meus avós, tem tanta coisa….Agradecida!

    Responder
  8. Adriane

    Minhas gotas que perturbam: Mudança, Assalto, Solidão, Insegurança.
    Minhas gotas de felicidade: Família, aposentadoria, saúde, disposição,alegria.

    Responder
  9. Aline

    Texto maravilhoso!
    São nos pormenores que encontramos e fazemos a diferença! Muito bom começar o dia e ler um artigo tao bacana e inspirador como este!

    Beijo beijo!

    Responder