Saindo de casa e voltando para o lar

1004925_10152181401809899_777732630_n

Levei 1 ano e 2 meses para voltar a minha terra natal, Fortaleza. Na mala pouca roupa e muitos biquínis para aguentar o calor de matar, mas no coração, a saudade apertada. Dessa vez, a viagem pra Fortaleza passou tão rápido, foi como um piscar de olhos. Tentei saborear cada momento aos poucos, daquele jeitinho que comemos uma bolacha recheada, lambendo e comendo pelas beiradas para não acabar logo. Uma pena que foi tão curta e não tive tempo suficiente pra fazer tudo o que eu queria e ver todas as pessoas que sinto saudade. Mas dessa vez foi estranho ir para o Brasil, mas do que a nostalgia inicial que se sente quando se volta à cidade natal. Bateu um apertinho no coração, uma vontade de ficar mais tempo por lá. Fiquei adiando ao máximo o meu retorno pros Estados Unidos.

Eu já estou vivendo em DC há mais de 6 anos e adoro essa cidade do fundo do meu coração. Desde o primeiro dia que cheguei aqui, DC me abraçou de uma forma maravilhosa. Aqui as coisas aconteceram, a vida tomou rumo e hoje em dia eu acho que já faço parte da cidade. Já entendo como são as estações e o que devo esperar a cada mês. Tenho meus lugares favoritos, ando por todos os lados sem me perder. Sei como funciona o transporte público, onde tem as festas legais e o que fazer no final de semana. Não tenho nenhuma dúvida de que meu coração já pertence a essa cidade, e mesmo sabendo que muita gente não gosta de DC e acha que é uma cidade temporária, para mim, DC é meu lar.

Dessa vez, quando voltei pra DC foi diferente, passei o dia inteiro trancada no quarto, com um sentimento depressivo, meio que de estranhamento. Ficava pensando na minha rotina, no stress do dia-a-dia, na falta de tempo das pessoas, no frio insuportável que está quase chagando e fui ficando ansiosa e de uma certa forma negativa com o meu retorno.

Porém no outro dia as coisas foram se normalizando. Fui ao yoga, revi uma das minhas melhores amigas para contar da viagem ao Brasil, comi meu sanduiche favorito, sentei no parque perto da minha casa e fiquei lá absorvendo o momento, o lugar, as pessoas. E percebi que às vezes a gente precisa de tempo para se re-adaptar a cidade e tentar procurar aquilo que amamos. Isso não demora muito, principalmente quando se tem tantas coisas pra se amar. Mas tambem é dose, comparar DC com as praias lindas do meu Ceará.

E agora alguns dos especiais momentos do Brasil.

Viagem_jeri_fortaleza_2013

e mais um pouquinho da minha terra natal linda…

viagem_jeri_2013E um momento épico da viagem, quando o gringo tenta descer a duna pela primeira vez. 🙂

Deixe um comentário!

6 comentários

  1. Michellen Augusto

    Eu também tive uma sensação igual a sua, de depressão, quando retornei a minha casa depois de estar na minha terra natal! Adorei as fotos, morro de vontade de ir para Fortaleza, moro no sul de Minas Gerais!

    Já estou te seguindo em todas mídias sociais.
    Beijos Michellen
    /(.”)__☆
    /||\
    _||_
    http://comente-se.blogspot.com.br/
    Espero você no meu blog!!!

    Responder
  2. Josele Lopes

    Q delícia de férias^^só de olhar essa foto da rede na água a sensação é de alegria^^
    E o gringo só risadas ^^

    Responder
  3. Ambiente Vistoriado

    Essa viagem foi maravilhosa!

    Responder
  4. Rafael Simon

    Me amarro em seus textos, sua inteligência simplista é fascinante. Sonho em ter uma segunda pátria tbm, já amo sem ao menos ter ou se quer conhecer, só pelo fato de ser e viver o de diferente se pode ter. Te acompanhando sempre

    Responder
  5. Ribeiro Josane

    Manu, volta sempre que bater a saudade, sua terra é tão linda…

    Responder
  6. Lívia Nascimento

    Nossa, conheci sua cidade no mês passado, fiquei uma semana trabalhando em Fortal!!! acordava todos os dias de frente pro mar e me energizava de cara com aquela brisa delicia.. infelizmente não pude conhecer muito pois o trabalho me impedia.. mas é linda!!!
    Estou morrendo de saudades de Minas, mesmo estando tao perto (moro em sampa) quase nao tenho ido lá.. pela correria e tal…
    Mas que bom que se sente bem ai em DC tb… o que importa é isso.. Mas parabens pela linda terra!!!
    Sempre de olho no seu blog.. sucesso
    Bjooooooo

    Responder