Primeiro… Ame a você mesmo

AME A VOCE MESMO AV copy

Ontem tive uma noite de cão. Não quero entrar em detalhes porque não gosto de alimentar os sentimentos negativos, mas ontem estava muito triste. Aqueles problemas que só adulto tem e muitas vezes não faz sentido pra ninguém só para você. Fui dormir as 2:00h da manhã porque estava extremamente cansada de chorar. E acordei ás 10:00h da manhã com a cara inchada e amassada da noite mal dormida. Minha vontade era passar o dia de pijama, me afundar no sofá e comer uma pizza gigante. Por alguns minutos meu sábado estava perdido. Até que entrei no Facebook e vi a seguinte frase:

Amar é viver. Viver no amor com você mesmo.

E isso me fez refletir nas minhas escolhas. Naquele momento eu tinha duas escolhas. (i) Me afundar na tristeza e na solidão. (ii) Abraçar meu dia, me amar e viver o momento que ainda estava por vir.

Resolvi escolher a opção ii.

Antes de mais nada resolvi fazer uma meditação. Acho que todo mundo tem que ter um canto especial que gosta de ficar sozinha. Um lugar  onde você pode fechar os seus olhos e consegue refletir, e chorar, e meditar, e rezar. Pois é, fui no meu cantinho, fechei meus olhos e esperei que o sentimento bom invadisse meu coração. Não foi fácil, porque estava triste, e muitas vezes o sentimento negativo embassa todos os outros. Mas fiquei lá firme e forte, esperando. Passaram alguns minutos, não lembro ao certo, mas fiquei lá até a minha mente se alcamar e comecei a ser inundada por uma paz e um amor incondicional por mim mesma. Lembrei o quanto sou especial e todas as coisas positivas que tenho na minha vida.

Daí todo o meu dia mudou. Tomei um banho de banheira, fui ao Yoga, almocei no meu restaurante favorito, comprei uma flores pra colocar no meu quarto e agora, assim que terminar esse post, vou para um show da Courtney Barnnet com uma amiga.

Quero esclarecer uma coisa. Para amar a si mesmo, para homenagear você, como você faria com qualquer outra pessoa que ama, tem que ter auto-respeito e paciência, mesmo nos momento mais difíceis. Para se apaixonar por “você” não tem nada haver com a promoção do ego, vaidade ou arrogância.

Amar a si mesmo requer a apreciação da mente, corpo e espírito.

E a frase mais clichê é verdadeira de todas: “ame a si mesmo, em seguida, os outros vão te amar”.  Ame sua mente, as suas notáveis ​​realizações e os fracassos que o ajudam a crescer. Ame seu corpo, a beleza e as falhas que te faz assim. Ame sua alma, a felicidade entusiasmada e a liberação esplêndida de tristeza.

Abrace sua mente, corpo e alma dentro de dois braços. Dance quando você sentir vontade de dançar. Chore quando você sentir vontade de chorar. Expresse o amor que você sente dentro de si para ajudar o amor-próprio dos outros prevalecer – e, embora possa ser a viagem mais aterrorizante, aceitar-se como você é, na sua totalidade, vai fazer os outros te amar, em todas as suas diferenças, em todos suas formas e tamanhos… vai ser tão natural quanto respirar.

Sim. Compra-se flores. Abrace-se mentalmente em um abraço. Ria nos momentos que mais precise de outro. Viaje de férias sozinha, nem que seja uma viagem de um dia. Saia para dançar. Sente em um café durante todo o dia e escreva seus pensamentos, suas ideias, seus sonhos e planos.

E hoje eu lembrei mais uma vez que o amor próprio é a completa aceitação de si mesmo. Para saber quem você é, de onde você veio, e todos os lugares que você ainda tem que ir… O amor é o primeiro passo.

Deixe um comentário!

9 comentários

  1. Patricia Leardine

    Amar a si mesmo é uma reconciliação constante. Acredito que ajuda muito no relacionamento com as pessoas. Todo dia gosto de reservar um momento só meu, seja pela manhã ou pela noite. Amar-se é um aprendizado constante. Lindo texto!

    Responder
  2. Carolina Soares

    Mais um lindo post, Manu.. inspirador.. obrigada! 🙂

    Responder
  3. Adriana Binda

    tudo isso faz sentido, obrigada!

    Responder
  4. Ana

    Obrigada, Manu! Tava exatamente assim agora no sofá! Por nada… dia ruim… Mas ler tuas palavras fizeram tudo mudar! 😉

    Responder
  5. Simone Ribeiro

    Gosto de como escreve, me faz ver a vida por outro ângulo. Não deixe de escrever! Suas palavras muitas vezes são como luz no fim do túnel. Obrigada#Parabéns!

    Responder
  6. karine lascaux

    lindas palavras e inspiradora! tenho que guardar este post…pra sempre que precisar eu ler! bjo

    Responder
  7. Patricia Del Passo

    Sempre é muito lindo tudo que escreve, obrigada por compartilhar conosco. Um abraço apertado, Patydel 🙂 (Pq abraçar faz bem ao coração)

    Responder
  8. Amei seu texto, a questão não é so compartilhar os bons momentos e também as dificuldades no seu blog, pq se n a gnt acaba achando q tudo na sua vida é tudo de bom e sem querer criamos expectativas quanto a nossa vida, gosto do seu blog pq vc compartilha suas experiências, suas dificuldades e soluções, obrigada manu :}

    Responder
  9. Denise

    Tudo que preciso! Minha auto estima é baixa, seus textos me ajudam muito!
    Obrigada Manu!

    Responder