Resultado da busca para: auto estima

Vivendo a vida simples

vida simples e feliz

Vocês não amam a sensação de abrir uma caixa de um sapato novo? Ou melhor, vestir aquela roupa maravilhosa que estava esperando a ocasião certa pra ser estreada? Eu com certeza adoro. Mas ao observar esse meu comportamento de felicidade ao ter uma coisa nova, percebi que o novo rapidamente se torna apenas mais um item na minha vida. A excitação da novidade passa muito rápido.

Encontre alguém que vai mudar sua vida, não apenas seu status

encontre alguem que vai mudar sua vida-nao apenas seu status

Abra qualquer revista ou site de fofoca e o que você vai ouvir falar é do casamento da Kardashian. Bem, enquanto grande parte da vida dessas celebridades parece não se relacionar com a nossa própria existência, há um tema que quase sempre emerge que eu acho que a maioria de nós pode se relacionar – a pressão que esses casais sentem a viver de acordo com um padrão irreal e seu impacto sobre seus relacionamentos.

100 dicas para ser feliz

Não são coisas que nos fazem felizes, mas nossas experiências. Por exemplo eu acredito que viajar pode ter um efeito positivo em nós. Faz a gente sair da nossa zona de conforto e nos ajuda a abrir nossos olhos para lugares diferentes e mostra vidas que eram desconhecidas para nós. Eu sou uma grande fã de viagem, mas além de viajar, o que pode fazer uma pessoa feliz??

O que eu aprendi quando eu aceitei meu cabelo cacheado

Cabelo cacheado Quando somos adolescentes ou chegamos aos vinte anos são os seus melhores anos para experimentar e brincar com o nosso estilo pessoal. Nós estamos nos descobrindo, sendo influenciados por outras pessoas, por estilos, pela música, pela novela, o que pode significar que suas roupas, sua maquiagem e até seu penteado pode mudar do dia pra noite. Eu particularmente, já passei por diferentes mudanças de estilo pessoal, mas acho o que se destaca mais foi quando eu aceitei o meu cabelo natural.

Quando eu era pequena tive corte Joãozinho e parecia um menino e depois meu cabelo cresceu e com ele vinheram os alisamentos, os relaxamentos  e foi assim até meus 24 anos. Sempre usei química no cabelo pra ajudar a “baixar o volume”, “diminuir a juba”, “pra ficar menos rebelde”.  Até que um dia, uma amiga de fora, me perguntou porque eu não deixava meus cabelos naturais: “Tenho certeza que por trás do seu alisamento tem cachinhos muito bonitos”. E pensei nisso, mas eu não conseguia me imaginar com cachinhos, até porque sempre tive cabelos “ondulados”.

Vamos socializar?

Untitled-1

Hoje em dia as redes sociais são os meios de comunicação mais populares . E essa interação torna bem mais fácil o crescimento e também a aproximação dos blogueiros com seus leitores. Muitos de vocês sabem que o blog tem facebook e twitter, que são constatemente atualizados e eu adoro interagir com vocês por lá. Mas existem outras ferramentas de rede sociais que muita gente ainda não conhece, então resolvi didvidir aqui os canais que mais adoro para que possamos nos aproximar mais! ♥