O que fazer quando ninguém apoia teus sonhos?

679Recentemente recebi um e-mail de uma leitora aqui do blog pedindo meu conselho sobre o que fazer para lidar com a família e amigos que não aprovam suas decisões em relação a universidade e o futuro profissional. Resolvi responder seu email porqui, porque já estive na mesma situação que ela e não tinha ninguém pra me orientar e aconselhar.

PERGUNTA:

O que fazer quando minha família e amigos não suportam minhas decisões e estilo de vida? (JH)

RESPOSTA:

Eu acho que essa é uma das perguntas mais comuns que eu recebo e provavelmente uma dos problemas mais comuns que enfrentamos no nosso dia a dia. Eu particularmente tive que passar por isso também. Sempre fui uma adolescente diferente, que passou por várias fases: de roqueira-gótica, a regueira- surfista , pra depois virar “clubber” de cabelos coloridos, saltos plataformas e pulseiras neon. Sim, eu confesso que passei por tudo isso.

Depois comecei a fazer turismo, pra mais na frente descobrir que não tinha nada haver comigo e no último semestre larguei tudo pra entrar na faculdade de jornalismo. Anos depois. deixei um emprego num centro cultural, tranquei a faculdade e me larguei para passar uns meses morando na Alemanha. E logo veio a minha tacada final, larguei meu emprego num complexo turístico e uma estabilidade financeira, pra mudar com a cara e coragem para os Estados Unidos. Resultado disso tudo: uma mãe cheia de cabelos brancos e uma bagagem de experiência. Me arrependo de algo? Claro que não. Tudo isso faz parte do que eu sou hoje e a vida da gente nada mais é do que uma bagagem de conhecimento e experênica.

Meu conselho: Você nunca será capaz de agradar a todos, então você deve pensar em você e nas suas prioridades na vida.

Mas pera aí, eu não estou aqui mandando você ser egocêntrica e achar que é a dona do universo. O que eu quero que você entenda é que todos nós temos valores diferentes e os nossos valores governam nossas decisões. E é quando decidimos algo que nosso destino é traçado.

Sabendo disso, você tem que entender que sua mãe, seu pai, seus irmãos, amigos e conhecidos, tem valores completamente diferentes que o seu. E você tem que aprender respeitá-los e ter empatia.

Significado de empatia: Empatia significa a capacidade psicológica para sentir o que sentiria uma outra pessoa caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela. Consiste em tentar compreender sentimentos e emoções, procurando experimentar de forma objetiva e racional o que sente outro indivíduo.

Sacou? Então aqui vão algumas dicas que irão te ajudar:

# Tome consciência dos seus julgamentos.

Lembre-se que o que bloqueia a conexão são os rótulos que fazemos com os nossos julgamentos. Então preste atenção como você se sente em relação aos comentários das pessoas. Você não pode mudar o que as pessoas pensam, mas pode mudar a forma que você pensa.

# Não leve nada pro lado pessoal

Tente não levar tudo na ponta da letra e nem pense que você é o centro do universo. Como comentei, nossas opiniões e decisões são baseadas nos nossos valores, então você  precisa notar que não é sobre você é sobre as outras pessoas.

#Saiba ouvir

Já dizia o ditado que “em boca fechada não entra mosca” e isso é pra imprimir e colocar na porta do quarto. Tente ouvir mais e falar menos. Não precisa absorver tudo, apenas refletir.

#Seja honesta

Muitas vezes não falamos algo por medo de ferir alguém. Seja honesta, do fundo do seu coração, com argumentos verdadeiros. Agora pelo amor de Deus não vai dizer: “Eu vou fazer isso por que eu quero!” Isso não é ser honesta, isso é ser rebelde. Honestidade é encontrar o verdadeiro PORQUE de uma atitude e mostrar o quanto é importante pra você e que mesmo que no futuro você venha a se arrepender ou sem querer traçou o caminho errado, você queria ter o suporte daquela pessoa, pois é assim que você vai crescer.

#Não olhe para fora de você buscando aprovação

Você não precisa de outras pessoas para validar as suas escolhas. Encontre aprovação e aceitação de que você está fazendo dentro de você mesmo. Você pode ter uma opinião diferente alguém e ainda assim eles vão valorizar as suas escolhas.

#Envie amor

Aceite as diferenças, seja leve, seja luz e envie amor para as pessoas ao seu redor.

É bem melhor quando vamos em busca dos sonhos com o apoio das pessoas, tenha um pouquinho de paciência e dê apoio aos sonhos dessas pessoas que você tanto ama antes de tentar convencê-las a acreditar nos seus sonhos. Com o tempo as pessoas serão tão gratas que farão o possível e até o impossível para que você realize seus sonhos.

Agora deixe um comentário abaixa e me diga se seus amigos ou familiares apoiam os teus sonhos? Se não te apoiaram, como você mudou essa situação ou pretende mudar?

Deixe um comentário!

11 comentários

  1. Mariane

    Ótimo texto, lembro de um video seu, que acabei de rever, que dizia que “para conquistar a lua, devemos mirar para as estrelas”. Quando miramos nas estrelas, temos foco e apenas olhamos para elas, sem se preocupar com alguns percalços (pode-se dizer pessoas). “Você não precisa de outras pessoas para validar as suas escolhas.” Essa é uma tarefa dificil, mesmo que você não queria. Quando você falar que quer conquistar a lua, um ou outro te olhara torto ou falará que não irá conseguir ou que é demais. E com isso, acaba acreditanto nisso e fazendo disso sua desculpa. É assim comigo, sei que devo me preocupar comigo, saber o que quero e ir em busca, mas é dificil não olhar para o lado. Mas, como tudo, devemos tentar focar em nós. Eu vou tentar focar em mim; não sei muito bem como, mas com as dicas irei tentar.

    Beijos, Manu!
    Obrigada

    Responder
  2. Cecilia Mesquita

    Adorei o texto, eu sempre tive apoio da minha familia, mesmo tendo trocado de faculdade três vezes, “de novo” foi o que meu pai disse quando eu resolvi fazer Jornalismo, mas ele nunca colocou pilha para que eu voltasse a cursar Adm, eu tenho sorte sim, mas muita gente não têm a mesma que eu, espero que a resposta tenha ajudado a dona do e-mail ♥

    Responder
  3. Nana

    Ótimas dicas!
    Bj e fk c Deus.
    Nana

    Responder
  4. Jaque

    O apoio da família é algo sempre muito importante, ou pelo menos, de nosso companheiro. Eu mesma, me firmo no apoio da minha mãe e namorado, não fosse por eles, não sei o que seria de mim e minhas mil e uma decisões. É bem complicado mesmo, mas acredito que ter um pouco de fé e ponderar sobre si mesmo também faz parte. E poxa, fiquei chateada quando você falou das fases, porque vou envelhecendo e meu lado “gótico-roqueiro” como você colocou, nunca se vai! Hauhauahuha! Acho que é pra quem tem personalidade, que não se resume somente à uma fase! Adorei o teu blog! <3

    4sphyxi4.blogspot.com.br

    Responder
  5. Eryvania

    Minha mãe e amigos não me apóiam em relação a faculdade que eu quero, não sei o que fazer! Deixo meus sonhos de lado pra ser a médica que ela tanto quer?

    Responder
  6. Andriele

    Tenho 13 anos e passo a mesma coisa. “Ah, 13 anos, sabe nada da vida!”. Todos falam isso. Principalmente a minha mãe, mesmo que de vez em quando ela fala que eu tenho uma idade mental avançada. Eu tenho um sonho de ser DJ e cantora. (Risos de todos que me acham uma pirralha) E também de ser roteirista (MAIS RISOS). Minha mãe até aceita esse sonho, mas ela defende que eu preciso fazer uma faculdade, e ganhar dinheiro, para depois (que provavelmente vou ter uns 30 anos) realizar o famigerado sonho que está matando a minha vida.
    Mas eu acho que nesse tempo eu teria feito tanta coisa. Mas minha mãe não pensa assim. Eu chorei muito, MUITO por isso, mas não quero desistir. E ela está adoecendo, eu sinto isso. Meu irmão fez uma coisa parecida com ela, e a prejudicou muito. E agora eu estou fazendo a mesma coisa.
    Vale a pena continuar?

    Responder
    1. Ellen rocha

      Ei rbm tenho 13 ano andriele, para eu n fixar triste, só fico pensando no meu sonho por exemplo imagina vc diva lá DJ mandando ver sua mae e seu irmão vai fixar muitos orgulhosos de vc, quando eles perceberem q vc vai se jogar por inteira por esse sonho eles vao te apoiar pra sempre e vale a pena sim correr atrás ora um dia ver o brilho nos olhos de sua família de tanto ogulho! <3

      Responder
  7. Leandra Sousa

    Me responde por e-mail por favor..
    Tenho um assunto e preciso tanto de um conselho..

    Responder
  8. carol

    Farei 19 anos, ano que vem e queria me mudar para fazer o curso de Psicologia, pois na minha cidade não tem, e nesses momento no máximo 3 pessoas me apoiam nesse me sonho que tenho desde os 14 anos. Meus pais e minha família não me apoiam nem um pouco e me sinto totalmente chateada com isso, queria que eles me apoiassem e me ajudassem a realizar esse sonho, pois acredito que nada é impossivel à um sonhador… nao sei agora se devo ficar em minha cidade, com meu emprego, em uma faculdade na qual nao me indetifico nem um pouco a começar a fazer, e agrado aos meus familiares ficando aqui, ou sigo meus sonhos não me importando com a opinião alheia .. estou muito confusa… seguir o coração ou a mente ? help e pleasee !!!!!!!!!

    Responder
  9. bruna

    Minha mãe e minhas irmãs sempre criticam tudo que faço, seja uma comida ou uma roupa que eu escolho, tem momentos que eu vou comprado a ideia de que preciso mesmo mudar. Agora com o sonho de arrecadar uma renda extra vendendo bolo elas ficam menosprezando esse trabalho, como se não fosse digno, etc, falam que eu não vou lucrar e que deveria fazer outra coisa. Enfim, é bem difícil não absorver tudo, mas obrigada pelo conselho através do texto.

    Responder
  10. Mitson Couto Martins

    Obrigado, foi um texto realmente maravilhoso me ajudou muito.

    Responder