O que faz um aniversário feliz?

Como ser feliz no aniversarioAmanhã é meu aniversário. Eu vou completar 34 anos e estou muito feliz por que tive mais um ano abençoado. Sempre gostei dessa data, ao contrário de muitas pessoas que fogem de si mesmas nesse dia. Eu adoro receber os cumprimentos, ser lembrada e quase sempre festejo.

Lembro que uma vez um namorado resolveu fazer uma festa surpresa. A festa foi linda, um sucesso, tirando o fato que o bolo era de chocolate e eu detesto chocolate. Mas o que valeu foi a intenção.

Amanhã vou comemorar com amigos, num bar, assistindo a abertura da copa, vestindo a camisa do Brasil e bebendo cerveja. Tem comemoração melhor?

Mas a história mais peculiar do meu aniversário aconteceu quando completei 30 anos. Nessa época eu estava no Equador. Passei quatro meses lá, viajando o país e fazendo uma pesquisa do meu mestrado. Foi uma data super crítica, pois estava saindo da casa dos 20s, tinha meu casamento marcado pra agosto no Brasil e estava longe de todo mundo. Sozinha, perto de um vulcão, vivendo com uma comunidade indígena, falando um portunhol arrastado, sem internet ou telefone. Mas é aquela história, se a vida te dá limões, então faça uma limonada. Resolvi que aquele dia ia ser especial. Acordei cedo e fui fazer um hiking na entrada do vulcão, que hoje em dia formou um lago lindíssimo. Depois contei pro pessoal da comunidade que era meu aniversário e eles fizeram um jantar especial à base de cuy. Pra quem não sabe o cuy é uma iguaria super popular nos Andes, mas no Brasil a gente conhece esse animal como porquinho da índia e usa como bichinho de estimação.  Mas eu comi, sem frescuras, afinal foi feito especial pra mim. Além disso, ganhei uma pulseira feita de sementes que é pra me proteger e afastar os maus espíritos.

Engraçado pensar nos meus aniversários passados e como em cada um deles fui feliz de uma forma diferente. Amanhã também vai ser especial. Mas uma coisa que hoje tenho certeza é que não existe somente uma idade para gente ser feliz, não existe apenas uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos. Na verdade, podemos fazer isso agora, no nosso presente. Não foi ontem, nem vai ser amanhã, é hoje. E como dizia a Martha Medeiros – Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.

Deixe um comentário!

4 comentários

  1. Jess

    muito bacana essa visão!!
    não costumo comemorar aniversário, mas esse ano estou animada pra fazer algo diferente. Afinal, depressão de ficar mais velha só faz mais mal né?

    viver o hoje,
    ser feliz!

    Responder
  2. Re Vitrola

    Eu já fui mais borocoxô nos meus aniversários, hoje em dia fio feliz, sabe? Do marco de estar ali, e acho que é pelo fato de hoje eu poder me sentir viva de verdade.
    Adorei teu post.

    Um beijo,
    Re

    Responder
  3. Camila Faria

    E você fica mais linda e mais sábia a cada aniversário Manu! Parabéns querida!!! <3

    Responder
  4. Bah

    Meus parabéns! Sei como é fazer essa idade, estou rumo aos 35 e já tá pesando rs… Ao contrário de vc, não gosto mto do meu aniversário. Não só pq me faz ficar mais velha depois dos 30 kkk mas meu niver é no final de dez, logo após o Natal e antes do Ano Novo, então acostumei a não ter a presença de tantas pessoas, então estou acostumada a um niver mais reservado.

    K!

    Responder