Veja o medo como um presente

Eu não sou particularmente uma pessoa corajosa. Há momentos que eu tenho que esconder minha cabeça debaixo de um travesseiro e ficar lá por horas. Acho que todo mundo tem seus medos. Mas eu descobri que aprender com o medo é como amaciar um novo par de sapatos brilhantes. No começo é incrivelmente doloroso, mas quanto mais andamos com eles, melhor eles ficam.

Quando comecei a fazer meu mestrado meu maior medo era falar em público. Ficava aterrorizada só em pensar em dar uma aula em inglês para um bando de americanos. Até que o inevitável dia chegou – todos os alunos da turma tinham que dar uma aula para os outros alunos. Imagina meu drama! Dar uma aula, em inglês, sobre economia, para um bando de americanos, alunos de mestrado. Quase morri só de pensar na possibilidade. Foram dias e dias sem dormir, ansiosa, com medo.

Eu sempre lembro do momento antes da minha aula iniciar, quando o medo de repente desabou sobre mim e eu pensei: eu não sei de nada, esqueci tudo. Todo mundo vai rir da minha cara e meu professor vai achar que não mereço esta aqui no mestrado. Fiquei em pânico!

Mas, então, como um anjo do céu  suspirando no meu ouvido eu me lembrei de uma frase que meu pai me dizia quando eu era pequena: “Se você estiver realmente preparada pra qualquer coisa que for na sua vida, tudo vai dar certo. Não tenha pânico, pois você nunca saberá o que virá depois, então trate a incerteza como um presente de Deus”

E com esse pensamento na minha cabeça, respirei fundo, fui para frente de todos e dei minha aula. Resumindo, tirei um A nessa disciplina, que seria algo como um 9 – 9,5 no Brasil.

Hoje quando não tenho certeza do que vai vir depois, eu lembro desse momento e de todos os outros momentos de medo que já passei e penso na incerteza como um presente. Porque se você estiver preparada, souber escutar seu coração e ter perseverança, você vai conseguir / fazer qualquer coisa.

Lembra do que eu disse no início sobre o medo? Bem, o medo nunca vai deixar você se sentir totalmente confortável. Ele nunca vai deixar você sentar e apreciar o passeio. Mas isso é uma coisa boa. Porque se você quer viver a vida do jeito que você sempre sonhou, é melhor estar preparado para deixar sua zona de conforto guardada. Pois quando você viver a vida do jeito que sonhou, não há mais ninguém para culpar e não há mais ninguém para imitar. Você vai ser o centro das atenções, usando aqueles sapatos novos brilhantes de medo.

Pense como é viver a vida que voce sempre sonhou?  Retire um pedaço de papel e responda à pergunta para si mesmo. Só voce sabe a resposta. Nenhuma pessoa, livro, ou guru pode responder esta pergunta por você.

Onde quer que esteja, nesse momento, te desejo toda  coragem, força e clareza para viver sua história do jeito que sempre sonhou.

Obrigado por tirar pedacinho do seu dia  para ler meu post!

Manu

Divida o amor, compartilhe o post no Facebook, RT no twitter.

Inscreva-se para receber as atualizações do blog por email.

Deixe um comentário!

16 comentários

  1. Ariane

    Que lindo isso Manu, estava precisando de palavras assim (:

    [Reply]

    Responder
  2. Isabela Oliveira

    Nosaaa palavras tão lindas e tão verdadeiras, seus últimos posts e mensagens no facebook tem vindo de encontro ao meu coração tenho vivido momentos de incerteza e confesso medo as vezes, mas tenho crescido, evoluído. Continue com esses posts tão lindos….
    Grande beijo.
    Isa

    [Reply]

    Responder
  3. Paula Fliess

    ooown, Manu. Esse texto foi quase pra mim, que estou começando os “estágios” agora e a professora me colocou pra assumir uma turma, e bateu aquele medo, sabe?
    Me fez muito bem <3

    [Reply]

    Responder
  4. Alessandra Bevilaqua

    Manu, esse texto me tocou muito, mandei um e-mail para você e vc me respondeu e fez meu dia imensamente feliz 🙂 Obrigado mesmo ♥

    [Reply]

    Responder
  5. Mari

    Belíssimo post, parabéns !!

    [Reply]

    Responder
  6. Bia Galvão

    Manu, seus textos são inspiradores e fazem a gente pensar. Adorei o post.
    bjssss

    [Reply]

    Responder
  7. Simone

    Manu, eu comentei outro dia no meu blog sobre meu pavor de telefone e como esta sendo dificil enfrentar isso. Estou fazendo um tratamento com hipnozes, mas muito esta sendo coragem de enfrentar isso e nao deixar que esse medo siga por toda a minha vida.

    beijos

    [Reply]

    Responder
  8. Jess

    Oi Manu, tudo bem?!!
    Olha, eu já conheço seu blog há algum tempo, mas somente ontem peguei ele para ler de verdade.. Juro… LI ELE INTEIRO!! Cada post, cada texto… você pode achar que estou exagerando mas eu realmente amei cada pedacinho daqui e suas experiências… Nossa, são muito ricas!

    Acho que eu me identifico com você. Digamos que você escreve sobre as coisas que eu busco para mim então há uma ligação forte.

    Sore o texto, concordo plenamente!! Eu sou muito covarde em alguns aspectos, preciso aprender a crescer nisso!! De verdade!

    beijinhos
    Jess

    [Reply]

    Responder
  9. Ozaila Matos

    Que bacana Manu! Vou usar essa frase de seu pai como inspiração quando me sentir insegura. Obrigada por mais esse post lindo. Abraços.

    [Reply]

    Responder
  10. Layla Mattos

    Eu que te agradeço Manu, por escrever palavras tão sinceras, belas e cativantes! Siga em frente! Você merece!! Beijos

    [Reply]

    Responder
  11. Patrícia

    Adorei o post Manu! eu precisava ouvir essas palavras. Sou muito timida, sempre me apavoro ao falar em público. Esses últimos dias então, que vejo que cada vez mais está se aproximando a defesa da minha monografia…o medo bate forte, mas eu sei que tenho que enfrentar, que tenho que sair da zona de conforto para poder evoluir, crescer. Sábias palavras. beijos

    [Reply]

    Responder
  12. Adriel Christian

    Adorei o post, Manu. Parece que vou escrito baseado no momento que estou passado.

    Às vezes a gente perde muito tempo pensando em coisas que não vale a pena e isso abre a porta do nosso coração para o medo, a incerteza entrar!

    Achei tão fofa a frase que o seu pai diz/dizia pra você, o meu não fala essa coisas, mas me apoio sempre em todas as minhas decisões. 🙂

    Muito obrigado por você existir e escrever textos que não tem nada além de palavras lindas que nos traz conforto.

    Bjs!

    [Reply]

    Responder
  13. Maria Leite

    Manu, precisava ler isso querida, estou vivendo uma situação assim… Mas sei que depois do que li, vou superar…Adorei. Voltarei sempre. Beeeijos.

    [Reply]

    Responder
  14. Frau

    Sabe porque gosto de vir aqui? Porque sempre encontro respostas para meus conflitos…é bom saber que não sou única que passa por tantos desafios (sempre achamos que só acontece com conosco)…talvez se estivesse enfrentado meus medos como vc hoje seria mais feliz…mas nunca é tarde para recomeçar né…abs Manu.

    [Reply]

    Responder
  15. Marta Mello

    Obrigada por escrever tantas coisas bonitas e alegrar minha dolorida alma.

    [Reply]

    Responder
  16. Adriana Nascimento

    Post lindo , palavras encantadoras <3

    [Reply]

    Responder