Eu troco meu Vans por um sapato Pop

tennis É engraçado como a gente muda e como coisas que um dia foram a nossa cara, um dia perdem totalmente o sentido. Quando viajei para Berlin foi uma transformação na minha vida, começando dentro do avião. No vôo uma menina ruiva, meio rechonchudinha me chamou a atenção, na verdade eu estava prestando atenção nos sapatos que ela usava, uns Vans xadrez. Em Berlin os Vans estava no auge da moda e por onde andava eu vi os tenis por todo os lugares.

Passei a ficar obcecada com a idéia, queria um a todo custo e não esqueço o dia que consegui juntar dinheiro trabalhando num restaurante brasileiro para comprar o tão sonhado tenis. Saí com meu primeiro salário na mao e fui direto para a loja da Vans. Eram tantas as possibilidades que fiquei meia hora olhando para decedir o que eu queria. Sai da loja super satisfeita, com menos 74 euros no bolso e um lindo par de vans xadrez.

Durante minha estadia em Berlin ele passou a ser meu companheiro inseparável. Eu amava meus Vans, ele ia bem com tudo e era super confortável.

718767386_lclipboard01

Quando voltei para Fortaleza foi aquele frisson quando saí a primeira vez com o meu Vans, pois em 2005 eu era a única pessoa da cidade que tinha aquele modelo, recém lançado na Europa. Imagina a popularidade!! Tudo eram rosas até dois meses depois uma outra menina de Fortaleza voltou de Londres com um Vans igualzinho o meu. Só que ela não tinha um Vans, ela tinha um “tênis igual o da Manu”.

289924257_19311dd60f_b

Bem os anos passaram e hoje não moro mais em Fortaleza e nem em Berlin, agora moro em Washington, DC. O Vans veio comigo na mala, mas ele ficou esquecido no fundo do armário por muito tempo. Ontem no meio da bagunça o reencontrei e decedi voltar no tempo e sair com ele. Só que percebi que esse par de tenis que um dia foi minha marca registrada não tem mais nada haver comigo. Achei que ele não combinava com nenhuma das minhas roupas, com meu estilo, com a pessoa que sou agora. Bem, pode ser a idade chegando, mais uma etapa da vida passando, quem sabe? Resolvi coloca – lo numa sacola e fazer uma doação e optei  usar meu sapato verde preferido, que tem mais haver comigo 😉

3478019736_c524e932f4_b

Deixe um comentário!

4 comentários

  1. mirella

    Meu deus.. eu tenho um livro p escrever sobre isso! nao acredito q vc deu seus sapatos! eu nao podia encostar neles.. poxa.. num sei se fico feliz, pq sempre quis q vc deixasse esse seu estilo louco, despojado e ser mais “saltinho”, coisa q ainda nao acredito q vc ta usando, Ou se fico triste por não ter estado aí, e ter visto todo esse seu “progresso”.. mas de qualquer forma, eu amaria vc de todo jeito! cheroo =*

    Responder
  2. lucreta

    ai que triste!! vc o abandonou! heheheh mas pelo menos agora ele vai dar outros rolés e continuar viajando pelo mundo em outros pés!
    beejo

    Responder
  3. Evelyn

    É estranho como a gente fica obcecada por uma coisa por tanto tempo e dps esquece. Eu tenho várias histórias como essa tbm 🙂

    Eu sempre quis ter um Vans e acredita que só fui comprar um agora em janeiro? Aqui no Brasil esse tênis ainda é coisa de homem. Até hj não consegui usá-lo! Toda vez que coloco ele com uma roupa acho que fica esquisito, sem contar que minha mãe faz cada cara e comentário dizendo que fica muito masculino o.O

    Responder
  4. dayane

    Nossa cada sapatoooo lindooooooooooooooooo aaaaaaaaaaaa muito fofo aquele sozinha 😀

    Responder