Eu não sei o que fazer da minha vida!

Recentemente recebi um email de uma leitora aqui do blog pedindo meu conselho sobre o que fazer da vida dela & como ela poderia chegar a vida que ela queria. Resolvi responder publicamente seu email, porque lembro que anos atrás já estive na mesma situação que ela e não tinha ninguém pra me orientar e aconselhar. Na época, eu não tinha certeza se estava indo pro caminho certo ou o que eu queria fazer da minha vida e isso me agoniava profundamente.

Bem, eu não sou psicóloga e não tenho nenhuma formação nessa área, mas meus posts consegue tocar no coração de algumas pessoas e vez por outra recebo esse tipo de email. Então porque não dá minha opinião?

eu não sei o que fazer da minha vida

PERGUNTA:

“Como você decide o que você quer fazer com sua vida? Pode ser uma pergunta boba, mas atualmente estou lutando com isso”. (MB)

RESPOSTA:

Querida MB, essa é uma pergunta tão grande, e você poderia facilmente passar sua vida inteira tentando responder. Na verdade, muitas pessoas ficam presas a idéia de tentar encontrar um propósito na vida, ao invés de simplesmente viver a vida e aproveitá-la.

Eu acredito que você nunca vai encontrar o seu propósito de vida se você não está aproveitando ou preenchendo sua vida com amor. É muito comum pensar que nosso propósito será algo grandioso e inovador, mas pode não ser. Talvez a razão de você estar aqui é ser um amigo maravilhoso, talvez seja de se expressar através da dança, da música e talvez seja para inspirar  os outros. Você não tem que curar o câncer , ou viajar o mundo todo pra viver uma vida rica e gratificante.

Uma das coisas que eu aprendi na vida é que a gente não descobre o nosso propósito de vida. O nosso propósito é que nos encontra. Quando estamos fazendo coisas que nós gostamos, que nos inspira e que nos fazem feliz é quando encontramos um direção e uma orientação do que estamos destinados a fazer.

Por exemplo meu namorado sempre adorou música. Ele toca guitarra e instrumentos de corda desde os 5 anos. Mas ele cresceu numa família onde todo mundo é médico e era o que todo mundo esperava que ele fosse também. No halloween ele se fantasiava de médico, tinha um kit de laboratório pra brincar e ele mesmo acreditava que seria um médico um dia. Mas sabe o que aconteceu? Quando chegou na época de escolher que universidade ele queria entrar, ele mudou os planos de última hora e sem ninguém saber aplicou pra universidade de música. Quando foi aceito, foi um choque na família e até a avó disse: “O que você vai fazer com uma faculdade de música?” Pois bem, hoje ele é formado em jazz e da aula de música para uma escola de música clássica. Tem estudantes de 5 a 70 anos. Uma média de 10 estudantes por dia. Seu horário é completamente lotado e tem uma lista de espera de pessoas esperando uma vaga pra ser estudante dele. Ele adora o que faz e eu não consigo vê-lo fazendo outra coisa. Todo dia é uma festa no seu trabalho. Cada aluno pra ele é especial, tem uma história linda pra contar e o inspira a compôr novas músicas e descobrir outros estilos. Ele pode não ser rico, mas ele é feliz.

Antes de chegar aqui me formei em turismo e trabalhei na área por três anos. Tive que largar o trabalho e recomeçar uma faculdade pra investir na minha paixão por escrever. Tive que mudar de país e começar um blog pra saber que amo inspirar as pessoas e ajudar os outros a transformar a vida num ambiente mais bonito.

Acredite que o que vai vir pra você é exatamente o que precisa ser. Acredite que as experiências na sua vida vão te liderar para o seu caminho. E tudo vai dar certo

“Magica é acreditar em si mesmo, se você pode fazer isso, você pode fazer qualquer coisa acontecer.”– Johann Wolfgang von Goethe

Fiquem `a vontade para dividir nos comentários seu propósito de vida ou o que te inspira e te faz feliz!

Deixe um comentário!

32 comentários

  1. Livya

    Manu, adoro as coisas que você escreve!!
    Estava precisando ler isso: “Acredite que o que vai vir pra você é exatamente o que precisa ser. Acredite que as experiências na sua vida vão te liderar para o seu caminho. E tudo vai dar certo”.
    Amém, pra isso!!
    Muito confortante ler esse tipo de coisa. Obrigada!

    Responder
  2. Anna

    Acompanho você há anos e realmente você tem um dom com as palavras. Uma pergunta: Com o que você trabalha hoje em dia, antigamente eu entendi que era alguma coisa na área de turismo, mas vejo que interpretei de maneira errônea…

    Responder
    1. Emanuella Maria

      Oi Anna, eu sou formada em turismo e trabalhei na área há muito tempo atras. Há mais de dez anos larguei o Turismo fiz faculdade de jornalismo e mestrado em relações internacionais. Trabalho com comunicação 🙂

      Responder
  3. Camila Lacerda

    Muito boa sua resposta!
    Falou tudo:amor. Sem amarmos fazer algo, nunca seremos felizes de verdade 🙂

    http://www.chadecalmila.com

    Responder
  4. Pamela Ribeiro

    Adoro ler o seus post’s, sempre me sinto inspirada! Eu não sei qual é o meu propósito, mas sei que estou vivendo como posso, aproveitando a vida e as coisas que esta vem me proporcionando. Acho que está dando certo!

    Beijos.

    Responder
  5. Tarsila

    Oi, Manu! Essa abordagem dada por ti é realmente interessante, porque acho que com a inquietação ”o que vou fazer na minha vida” é uma ansiedade, um medo do futuro, não? Além, claro, da pressão social – tanto por uma profissional que tenha status ou dê um bom dinheiro. A resposta pra isso eu também não sei. Acho que fazendo tudo com amor e bem feito, mesmo que vc saiba que é aquilo que não deseja, é um caminho para se descobrir. Tem uma personagem em Vicky Cristina Barcelona que diz: eu não sei o que quero, mas sei o que não quero. Talvez seja por aí 🙂

    Responder
  6. Jess

    Sempre inspirador Manu!

    eu tbm passei muito tempo querendo fazer algo grandioso. mas sabe, aprendi que o grandioso está nas flores de um jardim cuidado com amor, um bolo bem feito que reúne a família em uma tarde de sábado,um cafune que deixa meu gato mais feliz.

    Coisa simples. Porque é como você disse, não é a gente que encontra um propósito, ele aparece quando estamos vivendo a vida.

    Responder
  7. Blog do Serginho

    Adoro esses textos, você sempre escolhe as melhores palavras. Parabéns manu.

    Responder
  8. Lena

    Manu Manu e suas palavras sempre muito bem postas!
    Sabe, eu vi que tinha esse novo post mas deixei para ler nesse momento. Achei que seria apropriado ler com calma em um momento de silêncio antes de ir dormir.
    Não é necessário ser psicólogo, cada um tem um pouco de psicologia dentro de si se já consegue enxergar a dificuldade do outro com amor.
    Eu sinto que vim ao mundo para sorrir, é o que gosto de fazer… não paga as minhas dívidas mas me livra de muitas coisas e me acrescenta experiências maravilhosas.
    Fora isso eu não sei na-da sobre carreira ou algo parecido… não me vejo fazendo uma coisa só é sim isso me aflige.

    Todos os comentários aqui já escritos traduzem bem tudo o que eu tb queria dizer. Só mais um obrigada de coração pelo coração que você tem e a percepção generosa do mundo, com certeza vc ganha muito em dobro <3

    Beijos!

    Responder
  9. Patricia Bauer

    Obrigada! Estou passando por um processo de me descobrir, por alguns anos me perdi, esqueci quem eu era e o que fui, eu digo que esqueci minha identidade, me fizeram acreditar que eu não era e que não tinha importância alguma, me fazendo perguntar constantemente o que faço aqui, quem eu sou, será que tenho o direito de viver e acreditar no meu potencial? Ler esses textos, isso me faz acreditar que eu também posso e que pra ser feliz eu não preciso de ninguém e nem de muito.

    Responder
  10. Rafaela Haddad

    Adorei!!! Serviu pra mim!

    Responder
  11. Dalva Petry

    Excelente texto!

    Responder
  12. Fernanda Maciel

    Adoro ler teus textos, Manu… E olha, também serviu pra mim. Obrigada.

    Bjs.

    Responder
  13. Samanta

    Manu, seu blog é maravilhoso, adorei sua forma de escrever, o layout, tudo!

    Sobre este post em especial, está simplesmente perfeito! Sempre tive essa mesma dúvida da sua leitora, realmente não é fácil encontrar um propósito na vida, jah fiz 500 coisas que não gostei e os outros opinavam e em todas fui infeliz. Hoje trabalho fora, gosto do meu trabalho, mas amo escrever no blog e tem sido minha maior motivação todos os dias! Não adianta ficar procurando, pois como vc disse, nosso propósito que nos encontra…

    Beijos
    http://vestidasdeluz.com.br

    Responder
  14. Vinny San

    Caí de para-quedas aqui.
    Vlw, era o que eu precisava ouvir…

    Responder
  15. Patricia Silva

    Adorei belas palavras, me ajudou bastante pois sei que nao sou a unica a passar por isso.

    Responder
  16. Wellington Gomes

    Tenho 16 anos, terminando o ensino médio, já tive sonhos de jogar futebol, ser soldado no exército, ser engenheiro bem sucedido e ter uma linda família, porém tenho medo da vida, medo de me doar ao máximo e não poder aproveitar minha família, porque o homem criou essa cultura? A cultura de ser um robô serviçal durante 8 a 10 horas do dia e ter 6 horas para aproveitar a vida de verdade? Porque não temos tempo para ser feliz com quem gostamos? Porque criamos a ideia de ter o corpo perfeito? Faço dieta cheia de restrição para ter o corpo perfeito, não como nada que sinto vontade, sinto desânimo na vida, sem meta nenhuma, como se fosse um zumbi de passagem, isso é que tenho em mente, aceito conselhos

    Responder
  17. Celso Skora

    Muito poético, mas descolado da realidade. Casos pontuais como o seu ou do seu namorado não são a regra, são a exceção.

    Responder
  18. Claudinei Soares

    o mundo precisa de mais pessoas como vc, inxpira os outros a sonhar!!!

    Responder
  19. Willmer Brasil

    O Mundo precisa de pessoas que saibam escrever sem cometer erros ortográficos grotescos… (Inxpira) fala sério, (Inspirar) é difícil.

    Responder
  20. Claudinei Soares

    Willmer Brasil e vc concerteza deve ser um pseudo-intelectual que nunca apertou uma tecla errada, otário!!!

    Responder
  21. Ana Kelly Araujo

    Adorei !!! eu estava precisando, lindo texto parabéns.

    Responder
  22. Helder Cruz

    Senti um alivio tao grande, 0brigad0

    Responder
  23. Amanda

    Ola Manu!
    Eu encontrei seu blog por acaso, e o post quando fiz uma pesquisa.
    Estou passando por este dilema, sem pre gostei de conversas, conselhos e sou muito emotiva, acreditava que minha vocação era ser psicóloga, fiz 6 meses de faculdade e me desencantei.
    Tenho 19 anos, estou abrindo uma loja com o meu noivo de roupas femininas, e tenho me cobrando muito ultimamente e ficado infeliz, porque ainda não consigo saber o que estudar, administração, moda, ou sei lá.
    Foi bom saber que não sou a única rsrsrs.

    Responder
  24. Cátia Rodrigues

    Sempre muito inspiradora!
    Obrigada…
    Grande beijo

    Responder
  25. Camila

    Há muito tempo acompanho o Ambiente Vistoriado e sempre gostei dos seus textos. Vivemos numa sociedade hard, que exige muito de nós. Desde criança tenho alguns sonhos, três pra ser mais exata, e vivo hoje uma frustração sem tamanho por ainda não tê-los realizado, pois a idade que eu tenho hj é justamente a idade que achei q teria quando já tivesse uma condição financeira confortável pra ter realizado esses sonhos…tenho passado minha vida lutando muito pra conquistar alguma coisa mas parece que cada tombo só arranca de mim a vontade de continuar tentando… Em alguns momentos consigo dar uma sacudida e viver uma vida mais leve, mas logo em seguida algo me lembra quão diferente é a vida que eu tenho da vida que eu sonhei e planejei…aí eu entro no buraco escuro de novo. E fico lá quietinha esperando passar. Sem coragem pra tentar viver com o que tenho de bom. Acho que a pergunta que gerou o seu texto é o que define minha vida no momento…eu não sei o que fazer dela, mesmo sabendo que minha vida não é uma tragédia, ela só não está sendo o que eu esperava… Está bem o oposto do que eu esperei, e isso me tira a vontade de levantar de manhã. Espero ainda acordar no meio da noite e descobrir que todo esse peso que eu carrego hoje foi só um momento de longos pesadelos, e que depois desse despertar eu possa sair da caverna pra conquistar coisas novas, mesmo que essas sejam diferentes do que sonhei pra mim. Mesmo assim é bom saber que não sou a única a passar por isso, me sinto menos sozinha no mundo.

    Responder
  26. Benjamim Melo

    Não Sei O Que Fazer Da Minha Vida

    Responder
  27. Maria Rodrigues

    Eu me questiono para que eu vivo? Tenho quase trinta anos e ainda não sei o que fazer para me profissionalizar. Uma coisa eu tenho certeza, não quero trabalhar para ninguém. Gostaria de trabalhar para min. Mais não tenho capacidade para liderar algo sozinha. Uma pessoa no mundo que nem eu é sem utilidade. Sinceramente tenho medo do meu futuro.

    Responder
  28. Maria Flor

    Ingrid Felicíssimo tb estou completamente perdida n sei oq fazer : ( e o texto tb n me ajudou em nada : (

    Responder
  29. airke

    estou perdido 🙁 tenho 21 anos de idade, eu costumava gostar de eletronica, fiz um curso tecnico e com 8 meses para acabar o curso consrgui um estagio, mas antes disso eu ja estava desanimando desse curso e nao queria mais continuar na area de eletronica, eu terminei o curso e o estagio ao mesmo tempo, tres meses depois eu acabei desistindo completamente de seguir essa area, acabei nao gostando. no começo estava tao animado com essa area e agora estou sem fazer nada, nao quero mais seguir essa area, estou decepcionado comigo mesmo. agora estou apenas pensando no que fazer, ja procurei varias areas e so uma me agradou: desenho. mas eu sou pessimo em desenho. comecei um curso online, mas a minha familia agora esta pondo pressao, dizendo que nao vou conseguir seguir nessa etc.etc etc … agora depois de tanto escutar isso estou com medo de prosseguir, e desanimado. o que fiz ate agora foi uma grande perda de tempo e agora estou num beco sem saida e um tanto desesperado para escontrar o que fazer. estou totalmente perdido. 🙁

    Responder
  30. thiago

    Aquela frase q vc disse me inspirou muito “Uma das coisas que eu aprendi na vida é que a gente não descobre o nosso propósito de vida. O nosso propósito é que nos encontra.

    Responder
  31. Fernando

    Interessante mas estou realmente perdido, sem foco , apenas sei que o que estou fazendo atualmente não está sendo legal , minha vida está estagnada a um bom tempo e já não sei o que fazer ….

    Responder