Encontre alguém que vai mudar sua vida, não apenas seu status

encontre alguem que vai mudar sua vida-nao apenas seu status

Abra qualquer revista ou site de fofoca e o que você vai ouvir falar é do casamento da Kardashian. Bem, enquanto grande parte da vida dessas celebridades parece não se relacionar com a nossa própria existência, há um tema que quase sempre emerge que eu acho que a maioria de nós pode se relacionar – a pressão que esses casais sentem a viver de acordo com um padrão irreal e seu impacto sobre seus relacionamentos.

Sei que as maiorias de nós não estão sendo fotografados diariamente ou tem todos os movimentos vigiados, mas eu acho que as celebridades não são as únicas cujas relações enfrentam a pressão para serem perfeitas. Vivemos em uma sociedade que sustenta continuamente expectativas irrealistas e inúteis do que é um “bom” relacionamento e o porquê não devemos ficar solteiros.

Lembro que quando casei com meu ex-marido, eu tinha 29 anos e uma tia chegou a comentar: ”Já era tempo, estava preocupada achando que você ia ficar pra titia.” E o pior ainda foi o que ouvi de uma amiga depois que me divorciei. “Pelo menos agora você pode dizer que é divorciada, em vez de solteira.” É pra rir ou pra chorar?

Mas uma coisa eu descobri com meus erros, quando se trata de saúde mental, é verdade que estar sozinho é melhor do que estar em companhia errada.  Se você vive com uma pessoa que é incompatível de um jeito ou de outro, uma hora a corda vai arrebentar. Estar num relacionamento só pra não ficar sozinho vai lhe deixar deprimido mais cedo ou mais tarde.

Lembre-se que ser solteiro é como estar no início da história, mesmo que a história termina com você ainda estar sozinho. Quando você é único, tudo pode acontecer. Sua vida pode se transformar em um milhão de direções.

Há um grande erro que muitas pessoas comentem quando se trata de encontrar o amor. Elas acreditam que um relacionamento irá completa-las. O que eu quero dizer é: Você acha que algo está faltando na sua vida, e outra pessoa vai fazer esse sentimento ir embora. Você acha que um relacionamento é a chave para você ser feliz. Se você pensa dessa forma (mesmo que apenas um pouco ), eu sinto muito em dizer-lhe que este não é o caso. Na verdade, essa mentalidade está sabotando a sua experiência no amor. Aqui está o por que:

# Você atrai experiências que correspondem como você está sentindo por dentro

Se você sente que algo está faltando em sua vida, então sua experiência vai lhe trazer a prova de que essa percepção é verdadeira. Por exemplo, se você está preocupado em encontrar um parceiro e hiper- focado em não ter um, você vai continuar a ver os mesmos resultados de não ter um parceiro. A experiência vai aparecer de duas formas específicas: Você querer permanecer solteira, ou encontra um relacionamento que lhe mantém insatisfeito e não lhe completa.

Foi assim comigo, eu tinha mudado para os Estados Unidos há pouco tempo, estava só, longe dos meus amigos e o primeiro relacionamento que entrei me enfiei de cabeça. Não queria está sozinha, queria alguém pra me completar, cuidar de mim e fui deixando as coisas acontecer. Resultado: um ano depois estava casada, 3 anos depois estava separada.

Isso provavelmente não é o resultado que você está procurando se você deseja um parceiro amoroso. Então, sabendo de tudo isso, o que você pode fazer? Como você pode mudar para se sentir mais seguro, à vontade, presente e confiante quando você está procurando por amor?

Você começa a procurar os sentimentos que você acha que um relacionamento vai lhe trazer, dentro de si mesmo. Eu sei que no começo você pode parecer cético – que você pode pensar que é impossível sentir-se conectado, amado, realizado e cuidado sem um parceiro. Mas eu prometo a você que você pode. A coisa mais bonita sobre este processo é que uma vez que você encontrar estes sentimentos dentro de você vai ser muito mais provável de encontrá-los em um relacionamento.

Depois do meu divorcio aprendi minha lição. Da forma errada, claro. Mas aprendi no tempo que fiquei sozinha a me amar mais. Aumentei minha auto-estima, aprendi a aceitar a solidão. Fiz uma viagem de um mês sozinha e foi maravilhosa. Comecei a praticar yoga e meditação. Fiz terapia pra aprender a me conhecer.

Meu conselho: você encontra o amor-próprio, pondo de lado bastante tempo para estar apenas com você. A verdade é que você tem que se sentir bem antes de encontrar um parceiro, se você deseja que o relacionamento lhe faça sentir bem, também.

Através da criação de uma prática de encontrar a paz, força, felicidade e satisfação dentro  de si mesma, a sensação de precisar de algo de fora de você para se sentir bem vai começar a desaparecer. E quando isso acontecer, ironicamente, tudo o que você sempre quis , incluindo um relacionamento incrível que vai mudar sua vida, não apenas seu status, vai aparecer. Eu prometo!

>> Deixe um comentário abaixo dizendo como você está fazendo para encontrar o amor dentro de si mesmo em primeiro lugar. Estou ansiosa para ouvir vocês.

Google

Deixe um comentário!

37 comentários

  1. Sula Costa

    Era o que eu precisava ler!

    Responder
  2. Katia Monteiro

    Adorei Manu!! Beijos

    Responder
  3. Caroline Schütz

    Muito bom!

    Responder
  4. Karine Araujo

    sensacional!

    Responder
  5. Ana

    Concordo! Esses “tem que” sociais são um porre, rs, tem que namorar, tem que casar, tem que te filho…tem que fazer faculdade, tem isso, tem aquilo, tem que trabalhar com algo que dê status/ “dê dinheiro” a lista é interminável…a gente uma hora cai em si que esse é o caminho mais certeiro pra infelicidade permanente….rs…joga todos esses “tem que”no lixo e começa a viver mais levemente, assumindo, como diz a canção””A dor a e delícia de ser o que é”. =D

    Responder
  6. Yoko

    Eu tenho 28. Solteira. Por que? Porque simplesmente não encontrei aquela pessoa com a qual eu queria compartilhar a minha vida. Triste? Eu acho, mas fazer o que. Como você já escutei cada comentário…
    E quando inventam de dizer que querem me ajudar, que vão arrumae alguém pra mim? Considero desrespeito. Afinal sou grandinha, não sou tapada nem estou desesperada. Cada uma…
    aproveito cada momento livre pra me conhecer melhor, aprender coisas novas ou ou descobrir novos hobbies.

    Responder
  7. Bah

    Olá Manu,

    Concordo com tudo o que vc disse. A gente tem que se amar, pra poder amar outro alguém. Claro que falar isso da boca pra fora é muito fácil, mas felizmente, as situações ruins que passamos com algumas pessoas nos ensina a melhorar nas próximas. A gente acha que não muda, mas muda. Depois disso, nada precisa mudar.

    K!

    Responder
    1. Emanuella Maria

      Oi Bah, obrigada pelo comentário. Você está certa e eu tento pregar isso, se amar acima de tudo pra poder amar alguém.
      Acho que todo mundo tem a possibilidade de se aperfeiçoar e evoluir, mesmo que não mude a essência.
      beijos

      Manu

      Responder
  8. o eu gostei tambem em muito legal mesmo e isso e a realidade pois

    Responder
  9. Camila Lacerda

    Falou tudo!! Existe ainda muito preconceito nesse mundo e as pessoas querem que vivemos como ela acham certo. Estou solteira e só tenho 22 anos e ouço ‘quando vai arrumar um namorado hein?’. pois na minha idade já estou velha pois antigamente o povo casava mais cedo!!! Mas ainda bem que tudo sempre muda ne?

    http://www.chadecalmila.com

    Responder
  10. Pamela Ribeiro

    Gostei muito do seu post, é algo que muitas pessoas deveriam ler, às vezes ter um relacionamento não é tudo. Sempre me questionam por ser solteira, ou por nunca ter namorado, sinceramente, isso não é algo que me incomode, o importante é que me sinto bem com toda essa situação.

    Responder
  11. Glenda Monteconrado

    Verdade Manu, amei seu blog e página do face. Bjs!

    Responder
  12. Isabela Silva

    Que lindo este post, por que diz toda uma realidade que estamos passando…

    Responder
  13. Lucelia Alves Carvalho

    Bom demais..ta una sensacao de poder 🙂

    Responder
  14. Daiane Gomes

    Amei seu texto tento sempre por em prática o amor próprio, mas as vezes me boicoto

    Responder
  15. Alyne Lourenço

    🙂

    Responder
  16. Ozaíla Matos

    Exatamente o que penso sobre relacionamentos! Bom texto!

    Responder
  17. Fanny Oliveira

    Ótimo texto, está de parabéns!

    Responder
  18. Louh Marques

    Olá, Manu! Nossa, como me identifiquei com sua visão sobre o assunto nesse post! Pra encontrar o amor dentro de mim mesma estou passando mais tempo comigo,mesmo estando em um relacionamento, focando na minha própria vida, aceitando as minhas falhas, terapia e aproveitando as coisas que eu curto. É isso! Adorei seu blog! Tudo de bom!!!

    Responder
  19. Jacqueline Tomaz

    É verdade ! Muito boa essa reflexão :))

    Responder
  20. Greyciane Elma Rech

    Devo dizer,qua a principio ja me sinto feliz por não ser bombardeada por textos cliches de auto-ajuda que te forçam a acreditar que o amor vai mudar tudo,e que a unica coisa que voce precisa é se jogar na primeira experiencia que aparecer.Acredito que quando o assunto é amor,muitas coisas são individuais,mas é fato que ser completa é uma questão que só depende de nós mesmos,e não devemos jogar todas essas expectativas em cima de alguem que só quer ser feliz nos tendo ao lado.
    Sinto por suas experiencias que não foram tão boas,mas agradeço por todas superação e pelas belas palavras que voce compartilha.
    Quero usa-las para mim mesma,todas as vezes que a solidão bater ou quando achar que ja esta na hora de me arriscar.
    Acho que ja falei muito,então so deixo meu muito obrigada pelo belo texto.

    Responder
  21. Danilo Pedro

    como faço para me amar mais emanuella um dica por favor quero muito encontar alguem bjs

    Responder
  22. Ambiente Vistoriado

    Oi Danilo, se tiver a chance de baixar meu ebook gratuito "a arte de se conhecer" vai ter a chance de fazer uma reflexao especial que é o primeiro passo pra se amar mais. <3

    Responder
  23. Danilo Pedro

    ta emanuela mas e de graça mesmo e tbm n sei baixar ebook

    Responder
  24. Marcia Regina

    Manu, ainda me sinto muito insegura, mas tenho que reconhecer que fazer a minha linha do tempo (que aliás ainda não consegui terminar) foi e tem sido uma tarefa difícil mas muito gratificante. Percebi que emocionalmente não preciso de um companheiro para me sentir bem, mas ainda anseio por companhia (estou sem amigos). Me sinto um pouco mais segura, o que pega no meu caso é minha situação financeira…. essa me preocupa muito.. .mas hoje tenho um fio de esperança de conseguir encontrar meus objetivos novamente.

    Responder
  25. Karine Aragão

    Perfeito, passei exatamente por isso!

    Responder
  26. Rubyane Borba

    Nunca tive relacionamentos longos e fiquei muito tempo só comigo mesma. Isso serviu pra que eu entendesse o que eu queria e quem eu era realmente sem a influência de outro alguém. Essa expectativa de que a felicidade está em um companheiro é loucura. Hoje mesmo disse pro meu marido: eu adoro viver contigo e não pra ti. Pra onde a gente decidir ir junto, primeiro vamos pensar no que cada um quer e depois a gente vê o que quer junto.

    Responder
  27. Adorei!

    Responder
  28. Regina Silva

    Amei, e aos poucos estão botando em pratica, é dificil mais não impossivel.

    Responder
  29. Millyani

    Oi Manu… e no caso de fazer tudo isso, encontrar a pessoa que vira seu mundo de cabeça pra baixo, que a cada dia você tem mais certeza que ela é a pessoa certa. E aí as coisas não dão certo. E você volta a estaca zero. Como ter ânimo para tentar de novo? Depois de ficar sem chão, e sentir que não adianta tentar de novo, porque no final você vai fracassar mesmo. Como mudar isso? Estou tentando, mas não consigo ser positiva. Rola uma preguiça sabe.

    Responder
  30. Claudia Sanches

    Bom dia Manu
    Realmente eu ando perdida…precisando me encontrar, fui deixada à 3 meses e preciso me amar mais …..fico focando minha vida na da outra pessoa….e tentando me convencer de que ela vai voltar…..preciso deletar esta pensamento e voltar somente para mim. Mas e difícil. …estou me esforçando e sei que irei conseguir. ..qde beijo

    Responder