wal mart viagra price

Sou Emanuella Maria (Manu), uma romântica inconsolável que adora coisas vintage e viajar. Há 7 anos moro na capital americana, Washington DC e neste espaço divido um pouco da vida no estrangeiro e o que me inspira no dia-a-dia. Falo das coisas que faço, do que gosto e o que me faz feliz.

Buscar no blog















09.11.2011

Recentemente um amigo entrou em contato comigo pra revisar seu CV e fazer algumas atualizações, quando abri o anexo do email, a primeira coisa que veio a minha cabeça foi: “cruzes, o que é isso?” O problema não era a experiência, pois ele tinha de sobra, era a forma que ele estava transmitindo a informação, porque tudo estava muito confuso e não tinha uma ordem cronológica. Além disso, tinha uns erros de ortografia, um desastre total.

Não sou nenhuma expert de RH e nem trabalho com isso, mas já tive a oportunidade de participar na escolha em algumas seleções e, no meio de dezenas, as vezes centenas de CVs, posso garantir que  aqueles que enviam um currículo desleixado ou incompleto acaba ficando para trás. Porque as informações essenciais para a tomada da decisão não estão tão acessíveis ou visíveis quanto deveriam – e isso certamente diz alguma coisa sobre o profissional que enviou aquele documento. Pode ter certeza que um currículo caprichado pode fazer a diferença.

Fazer um curriculum vitae decente pode ser extremamente frustrante e vai tomar muito tempo. Você realmente não sabe o que as pessoas estão interessadas em ouvir, e pode ser difícil encontrar um equilíbrio entre ser profissional e ainda ter uma personalidade! Pois é, é importante dizer quem é você no CV.

Nao existe uma receita pronta pra um bom currículo, mas juntei nesse post algumas dicas que podem ajudar na hora de fazer um bom currículo.

<3 Sobre o formato: O CV não precisa de capa (É um currículo, e não um trabalho da escola), o ideal é estar num papel A4 branco, ter uma única pagina, no máximo duas. Use uma cor de letra preta ou um cinza bem escuro e o tamanho da letra entre 11 ou 12. Experimente fontes como Arial, Georgia, Verdana, Calibri e saia do Times para se destacar um pouquinho, mas não invente muito na hora de escolher a fonte pra não ficar muito apapagaiado. Coloque os títulos dos tópicos em letras maiúsculas e negrito pra destacar. Não coloque foto, nem pretensão salarial (exceto se o anuncio pedir), e sem referência profissional. Nada de desenhos, gravuras, ilustrações. Molduras e bordas também devem ser evitadas, Please!!!!!

<3 Seja original. Para se inspirar, não há problema em ver modelos de currículos divulgados na imprensa ou em sites especializados, mas não os copie. Lembre-se que o seu avaliador provavelmente vai receber vários outros iguais a aquele modelo, e tudo o que você NÃO quer é ser apenas “mais um”. Pegue vários modelos na internet e se inspire.

<3 Tenha um foco. Acho que esse é o maior erro das pessoas, não saber o que está procurando e encher o CV de informação que não tem nada haver com a vaga. Se você está procurando ao mesmo tempo uma colocação de professora de dança e recepcionista de eventos, faça um currículo separado para cada uma das vagas, sem misturar neles as aptidões tão diferentes entre si. Mas não tenha medo de mencionar no currículo para uma vaga técnica as suas aptidões artísticas ou humanas, ou vice-versa. Lembre-se as empresas não contratam robôs

<3 Escreva de maneira informal, mas corretamente. Leia e releia, remova os erros de ortografia e gramática. Pontue, acentue. Entregue para alguém revisar, e verifique inclusive os dados e números. A última coisa que você quer é que o seu telefone de contato esteja errado.

<3 Inclua Informações adicionais: É uma coisa que sempre coloco no meu currículo e posso dizer que já me rendeu um bom bate papo na hora da entrevista e até me ajudou a conseguir um trabalho. Falar um pouco da sua vida no CV mostra que você é humano, tem hobbies e desenvolve coisas interessantes no seu dia a dia. Várias coisas podem entrar nesse campo como, por exemplo, um blog pessoal (se for interessante), um hobbie, experiência morando fora do país ou viagens internacionais, um voluntário que você faz ou fez, uma paixão por arte, ou comentar que é baterista da banda tal nas horas livres. Na entrevista do meu último trabalho do Brasil, o diretor da empresa percebeu que eu tinha “experiência morando fora do país” e perguntou sobre essa experiência. Eu fiz um breve resumo do período que passei na Alemanha, e ele comentou, que isso significava que eu tinha facilidade com línguas, sabia interagir com diferente tipos de pessoas e lidar com diversidades, e era exatamente o que eles estavam procurando. Bingo, consegui o trabalho. Legal não é??  Mas não esqueça que é melhor não colocar falsas informações. Prefira sempre a honestidade.

<3 Tenha entusiasmo e tente traduzir isso na hora de escrever seu CV, ou na carta de apresentação que vai enviar junto com seu CV, ou no email, e claro, na entrevista. Muita gente se subestima e já vai pra uma entrevista, ou manda o cv achando que não vai conseguir aquela  vaga especifica porque não é totalmente qualificado, ou porque não estudou na melhor escola. Pode ter certeza que se você brilhar, parecer entusiasmada, eles podem abrir uma oportunidade pra você, talvez não imediatamente, mas eles podem lembrar de você num futuro. Há alguns anos fui chamada pra uma entrevista numa grande empresa privada no Brasil para um cargo bem técnico. Durante a entrevista eu tentei parecer entusiasmada e sincera, e apesar de não ter todas as qualidades solicitadas pra vaga, eu disse a verdade sobre a minha carreira e meus objetivos, mas que estava disposta a aprender e aberta a novas possibilidades. Uma semana depois a empresa me ligou e disse que eu não tinha ficado com a vaga, que eu não tinha o perfil ideal pra aquele setor especifico, mas que eles tinham gostado tanto de mim que estavam me dando uma oportunidade na parte de Comunicação e Marketing.  Essas coisas acontecem.

<3 Jogue seu CV na net. Hoje em dia com o Google e todos os sites de pesquisas, tem muita gente usando os artificios da net pra ter um CV e/ou portifólio online. Principalmente se você é um artista, design, estilista.

Segue um pequeno guia para ajudar na hora de montar o CV:

<3 Nome & detalhes do contato: Se la no topo do seu CV  tem curriculum vitae, por favor deleta isso, pois esta muito anos 80. O topo do seu cv tem que vir seu nome em negrito com uma fonte um pouco maior do que o corpo do texto, tipo se você escreve tudo no tamanho 12 o seu nome vai vim em 14 pra dar certo destaque (mas tem que ter uma harmonia). Abaixo do nome vai vim o endereço, telefone de contato e endereço de email. Na minha opinião não precisa colocar a idade, ou se é casada, solteira, mãe de três filhos (Isso abre espaço pra descriminação e ninguém deve contratar uma pessoa baseada na raça, idade e detalhes tão pessoais). E por favor, foto jamais. Você esta concorrendo a um trabalho e não a um concurso de beleza. Números de documentos não devem ser colocados. Blogs e portfólios online devem ser incluídos apenas se bem elaborados e com clara motivação profissional. Perfis em redes sociais corporativas, como Linkedin, podem ser incluídos (twitter e facebook NÃO)

<3 Qualificação profissional: Essa parte é super importante, você pode colocar um parágrafo sobre você e suas qualidades e possivelmente sobre os seus objetivos. (esse parágrafo tem que ser curto, no maximo 3 a 4 linhas) Como você não tem experiência, deve focar nas qualificações pessoais e técnicas.

<3 Formação: Aqui entra seus cursos superiores, pós-graduações, especializações, mestrados, doutorados, etc. Se você não completou o curso superior ou está em andamento, indique “incompleto” ou “em andamento”. Se você não tem curso superior, coloque a sua última formação: primeiro grau ou segundo grau e cursos profissionalizantes. Tudo com as respectivas datas de término (ordem cronológica, descendente) e os locais onde foram realizados.

<3 Experiência profissional: Empresas que trabalhou, com data de entrada e saída, cargo que tinha quando saiu e um resumo das principais funções. Nessa hora, lembre-se que você esta se vendendo. Profissionais com mais experiência devem focar projetos desenvolvidos ou dos quais participou, descrever como auxiliou no crescimento da empresa, se possível com indicadores ou os resultados que atingiu.

<3 Cursos adicionais: Você pode ter um campo onde vai colocar os cursos que tenham relação com a vaga pretendida (por favor, não inclua aquele curso de corte e costura pra uma vaga de recepcionista), com as respectivas datas de término e os locais onde foram realizados;

<3 Conhecimentos em Informática: Informe as ferramentas que usa e os programas que domina. (não adianta mentir e dizer que sabe usar o photoshop e quando começar a trabalhar não saber nem cortar uma foto).

<3 Idiomas
Coloque apenas a língua e nível de conhecimento. Instituição de ensino é irrelevante. A exceção são cursos no exterior.

<3 Informações adicionais:  Já comentei acima é o onde você coloca o extra mas sem dar muito ênfase é algo curtinho (no máximo duas linhas)

Conseguir um bom trabalho pode ser difícil & encontrar um trabalho que você realmente gosta pode ser ainda mais difícil, mas não é impossível. Seja boa pra você mesmo e procure fazer coisas que você realmente ama e se interessa – o trabalho afeta a sua vida de todas as maneiras & passar o dia fazendo algo que você não gosta pode ser um inferno. Eu sei muito bem o que é isso e posso garantir não ha dinheiro que pague seu bem estar. Talvez seja tempo pra fazer uma mudança na sua vida. Não tenha medo e boa sorte pra todos vocês!

  • Se você é um designer gráfico pode sair dos padrões e usar a criatividade na hora de criar o CV, esse site AQUI tem modelos maravilhosos e super originais (Em inglês).
  • Eu não tenho um modelo pronto de CV para enviar por email e nem corrijo CVs, mas AQUI tem umas dicas legais de formatação no word (Em inglês).

Gostou? Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

8 Comentários














8 Comentários em “Dicas de como fazer seu currículo interessante”

Ana Flávia
10/11/2011 ás 10:25

Parabéns pelo post, surgiu na hora certa… Estou me formando no ensino medio, pretendo agora conseguir um emprego, porém nao tenho nenhuma experiencia, todavia durante o período em que estudei fiz diversos cursos profissionalizantes, contudo ainda tenho dificuldades em preencher meu currículo. E este post foi de grande valia.
Bjos :*

[Reply]


Ambiente Vistoriado » Blog Archive » Dicas de como fazer seu … : Link Mundial
10/11/2011 ás 11:02

[...] Leia mais: Ambiente Vistoriado » Blog Archive » Dicas de como fazer seu … [...]


Luciana Dias
10/11/2011 ás 11:14

Oi, adorei o post. Lendo as dicas percebi como meu CV esta desatualizado. Vou tirar um tempinho pra fazer os updates.
Um abraco

[Reply]


Vilena Soraya
10/11/2011 ás 11:16

Poxa manu adorei o link pros cvs de quem faz design.Eu queria fazer meu cv bem criativo tambem e sair do padrao, mas ainda nao trabalho com artes e nao sei se e uma boa ideia. oq vc acha?

[Reply]

Emanuella Huessy ♥ Reply:

Oi Vilena, acho que se voce vai procurar um trabalho de escritorio, talvez nao deveria inovar tanto no layout. Mas isso depende muito se voce trabalha com moda, design, social media, de repente pode ser legal.

[Reply]


Liliana
10/11/2011 ás 11:57

Oi, Manu! Ótimo post! Mas quanto a foto, pra você ter uma idéia, aqui na Espanha quase todos os CVs vem com fotos sim e profissionais de RH até vem com desconfiança quem não coloca. Acho um absurdo, mas se é o jeito… não precisa ser uma foto tão séria, estilo 3×4 chapada, mas também não pode ser uma coisa assim, digamos, “Vogue”… já na Inglaterra era proibido por lei colocar foto, justo por essa possibilidade de discriminação. Beijos!

[Reply]

Emanuella Huessy ♥ Reply:

Ah que interessante eu nao sabia. Aqui nos Estados Unidos tambem nao eh permitido colocar foto e nem nada muito pessoal

[Reply]


Melhor da Semana – De 6 a 12 de novembro! « BlogsDeModaCE
14/11/2011 ás 19:32

[...] é preciso! Núcleos Geracionais – No Moda é Cultura “Defina bem seu público! ” Dicas de como fazer seu currículo interessante – No Ambiente Vistoriado Válido! Tratamentos estéticos funcionam? – No Equlíbrio [...]