Como viver uma vida Linda!!!

Saudações direto de Berlin!

Ah, eu sei, escrever um post de Berlin é super glamuroso, mas quem disse que a vida tem quer ser chata e cheia de rotina? Ainda tenho mais três dias nessa cidade maravilhosa e estou tentando aproveitar cada minuto por aqui.  Nesse momento estou num dos lugares mais inacreditáveis de Berlin, um bar-club-café chamado Kater Holzig e estou escrevendo esse post no papel =)

A vida vem sorrindo para o meu lado, os dias tem sido lindos e eu pensei em escrever algo para ajudar a vocês se sentirem bem também. Sei que nem todo mundo tem a oportunidade de fazer uma viagem internacional, mas mesmo no seu cantinho, onde quer que ele seja, a sua vida pode ser linda e glamurosa. Pode sim, eu garanto.

Eu não estou falando da beleza estética, apesar de que um belo ambiente pode contribuir para uma vida linda. Estou falando de um tipo mais profundo de beleza. Aquele que você não pode comprar em uma loja. Aquele que faz você se sentir animado sobre estar vivo, que permite que você se inspire e seja uma inspiração, que faça você criar, que mostra a sua conexão com outros seres humanos.

As pessoas estão obcecadas com a vida das outras pessoas. Estamos sempre do lado de fora olhando para dentro dos tablóides, acompanhando o que os outros estão fazendo, passamos horas e horas de frente do computador vivendo a vida dos outros.  E a forma como usamos a internet incentiva a este comportamento – a internet torna observadores, não criadores.  O Tumblr é uma prova disto.

Às vezes parece que 90% das capacidades da internet estao ocupadas com gente re-blogando as imagens dos outros, os mesmos posts, os mesmos assuntos, os mesmos comentários, isso e aquilo. Acho que eu gostava mais do tempo que o blog era algo menos commercial e mais pessoal.

Você quer saber um segredo?

A única razão de que sua vida não parece um momento saído de um filme é porque você ainda não fez nada para criar isso.

 

Uma bela vida exige trabalho e esforço!

Significa não ficar em seu pijama na frente do computador todos os finais de semana. Tem algum parque perto da sua casa? Que tal ir fazer um pic nic com os amigos, ou sentar na praia pra ver o pôr do sol com um livro maravilhoso.

Significa entrar no chuveiro, escolher uma roupa, fazer um make up baphô, buscar uma atividade que te interessa e realmente investir nela. Teatro, música, arte, pintura, costurar, escrever, um voluntário. Tem tanta coisa legal.

Significa ligar para seus amigos e convidá-los para sair. (nem sempre sair envolve dinheiro)

Significa permanecer em contato com seus amigos e fazer o esforço para encontrar com eles ao vivo e não só online no msn.

Significa começar uma conversa com pessoas que podem parecer estranhas e diferentes de você.

Significa fazer as coisas que você não está totalmente certo e que te dar calafrios.

Eu sei que às vezes ficar casa assistindo filme é tentador. Mas também sei que quando finalmente nos libertamos do nosso ninho, nos sentimos muito melhor sobre nós mesmos, e a vida em geral!

Pense em maneiras de atingir o que está faltando, para eliminar o que é desnecessário. Este é o lugar onde todas as aventuras acontecem. Vai levar algum tempo até você sair da sua zona de conforto, mas pode ser muito mais divertido do que você jamais imaginou. Aventuras são emocionantes.

Conte suas bênçãos e seja grata pelo que você tem.

Não há desculpas. Até mesmo a cidade mais pequena pode ser uma maravilha, mas é tudo um questão de perspectiva.

Não viva sua vida através da internet. Essas meninas anônimas que você tanto admira, poderiam ser facilmente você. Você não prefere ser a pessoa na foto, ao invés da pessoa olhando para ela?

Faça algo maravilhoso esta semana. Surpreenda as pessoas à sua volta. Crie arte. Assuma um risco. Espante-se.

 

 

Importante: Existem inúmeras pessoas que não têm as necessidades materiais básicas, como comida, abrigo e roupas, e eu acredito que todo ser humano deve ter o mínimo fundamental para viver antes que eles possam aproveitar sua chance de viver uma vida mais linda. Eu também acredito que ajudar essas pessoas é parte integrante e importante de atingir  uma vida Linda e maravilhosa.

Amor de Berlin

♡ Manu

 

Se você gostou deste post, por favor, deixe um comentário e passe para os outros.
Não deixe de compartilhá-lo no Facebook, RT no twitter.
Inscreva-se para receber as atualizações por email.

Deixe um comentário!

17 comentários

  1. Rodrigo | GDG

    que texto lindo Manu! não tenho o hábito de comentar quando passo aqui, mas sempre me sinto a vontade com suas postagens tão suas, continue, compartilhe.

    Um beijo grande

    Rodrigo | GDG

    [Reply]

    Responder
  2. Carla

    Manu, adoro seus posts! Tudo que você falou fez o maior sentido pra mim!
    Principalmente a parte do: “Não viva sua vida através da internet. Essas meninas anônimas que você tanto admira, poderiam ser facilmente você. Você não prefere ser a pessoa na foto, ao invés da pessoa olhando para ela?” Adorei eu realmente preciso fazer algo além de ficar aqui ‘vigiando’ (:
    bjos!
    http://www.pinkmassacre.com

    [Reply]

    Responder
  3. Eugênia Freitas

    Ótimo texto, Manu. Mas dessa vez fui aquela atrás da tela a admirar as palavras. Perfeito!

    Bjs!

    [Reply]

    Responder
  4. Jaque

    Adorei, amo seus post de reflexão. Não comento muito, mas queria dizer que eu adoro seu blog, continue assim e escrevendo posts maravilhosos <3
    Bjus

    [Reply]

    Responder
  5. Gisele Lopes

    Gostei manu, falou e disse! bjos

    [Reply]

    Responder
  6. Nayara

    Nossa suas palavras foram muito bem colocadas. Fiquem muito pensativa depois de ler esse post. Parabéns pela inspiração. Beijos

    [Reply]

    Responder
  7. Gabriela

    Manu, eu adoro ler seus blog, sempre inspirando a gente com coisas boas e fazendo a gente enchergar coisas positivas, a querer criar, sair da frente da internet, buscar aprender e fazer coisas novas e diferentes.
    Não pare de escrever!

    Um beijão.

    Ps: estou a-mando as fotos de Barcelona e o seu diarinho e dicas sobre a viagem. *-*

    [Reply]

    Responder
  8. gabi

    Oi Manu!

    Estou escrevendo para agradecer o email que vc me respondeu, sobre Berlin!

    Me desculpe a demora, mas vc não sabe como aquele email rendeu….Por causa dele vou ficar mais 3 dias em Berlin! Muito, muito obrigada por vc ser tão gentil e carinhosa com todos que leem seu blog!

    Boas férias!

    [Reply]

    Manu ♥ Reply:

    oi gabi que bom que voce gostou. nesse momento estou em berlin e tenho certeza que voce vai amar. Olha abriu um bar novo aqui chamado Kater Holzig, voce tem, que ir visitar.

    [Reply]

    Responder
  9. Maisa

    Que post mais lindo… nunca comento aqui, mas hoje resolvi apoiar e dizer que concordo com as palavras!

    [Reply]

    Responder
  10. Talita

    noossa muito lindo parabens voce é impressionante
    Me emociono muito com os seus textos. lindo mesmo
    bjuuuuu
    Manu continue assim essa pessoa sempre ajudando atraves dos teus post………

    [Reply]

    Responder
  11. Gisele Crisóstomo

    “A única razão de que sua vida não parece um momento saído de um filme é porque você ainda não fez nada para criar isso.” Falou tudo, manu! A nossa vontade de viver tem que partir de nós mesmos, senão nada vai pra frente.. Um beijo!

    [Reply]

    Responder
  12. piruliita'

    oiee querida,
    seu blog e muito lindo
    seguindo… segue de volta?

    http://masterpiece-pirulita.blogspot.com/

    [Reply]

    Responder
  13. Vanja Nogueira

    Eu fiquei um tempão sem vir aqui porque estava sem internet.

    Serio, me assusta chegar aqui e sempre achar a coisa certa pro momento.

    A minha vida dó.
    Nem mais nem menos que a de ninguém mais dói demais, e as vezes fica dificil.
    Mas apesar de tudo, eu quero te agradecer mais uma vez por me ajudar, mesmo sem saber, talvez sem querer, dessa forma.
    Não sei que sentimento é esse que me toca com as suas palavras mas eu sei que você está coberta de razão e eu só tenho a agradecer por me mostrar isso.
    Um beijo e um abraço super apertado!

    [Reply]

    Responder
  14. Sara

    Lindo texto!
    Adorei a parte sobre a internet nos fazer observadores e não criadores. Depois, continuando o texto, me vi em diversas observações que você fez (tipo já ter passado finais de semana de pijama em frente ao computador).
    E hoje posso dizer que concordo com cada uma dessas palavras, e estou procurando ser aquela que está na foto ao invés da que observa (literalmente, hehe, depois que descobri como posso me expressar através da fotografia).
    Como você disse, a questão é sair da zona de conforto e perceber ao nosso redor o quanto existe de belo (ou olhar para dentro de nós e ver o quanto podemos fazer as coisas parecerem belas).

    [Reply]

    Responder
  15. Teté

    count your blessings! always! adorei.

    [Reply]

    Responder