Guia sobre o programa de Au Pair

por

Morar fora do país, ter uma experiência internacional, conhecer uma cultura diferente e aprender da forma mais eficaz uma segunda lingua é o sonho de muita gente. Hoje em dia a forma mais barata de fazer um intercâmbio no exterior é viajando como Au Pair.

O que é Au Pair?

Au pair é um programa de intercâmbio cultural remunerado que existe em vários países da Europa e nos Estados Unidos. O au pair é encarregado de tomar conta das crianças da família e por vezes de algumas tarefas simples de casa, como fazer lanche das crianças, guardar os brinquedos, ir deixar e buscar na escola ou na parada do ônibus. O trabalho dura uma média de 30 a 45 horas semanais. Enquanto que a família oferece moradia, alimentação, uma “mesada” semanal que varia de acordo com o país, plano de saúde, curso de idiomas, telefone, acesso a internet e muitas vezes também disponibilizam um carro para a au pair.

Esta forma de conhecer uma nova cultura, aprender um idioma e também juntar dinheiro requer, entretanto, algo que não é para qualquer um: gostar e saber cuidar de crianças. Existem famílias que aceitam au pair masculino, no entanto, as famílias tendem a dar preferência à meninas.

Pré Requesitos:

Gostar de criança; Ser paciente; Ser responsável; Ter consciência que ser au pair é trabalho, não só diversão; Ser flexível e ter a cabeça aberta para lidar com o dia a dia numa cultura diferente. Algumas família preferem que a au pair tenha carteira de motorista e que tenha alguma experiência com crianças. O programa é voltado para jovens, geralmente de 18 à 29, mas cada país tem sua exigência quanto a idade (por exemplo nos EUA é de 18 a 26 anos).

Os custos:

Existem várias agências no Brasil que fazem o intermédio entre a au pair e a família e os preços variam bastante, por isso tem que pesquisar bem. Mas o investimento inicial é uma média de $550 a $1200 e nesse valor já  está incluído a sua passagem de avião (que geralmente a família paga, apoio da agência durante todo o seu período como au pair no exterior) e todos os outros benefícios – mesada semanal, moradia, alimentação, escola, plano de saúde).

Primeiro passo para ser au pair

Pagar uma agência particular no seu país que te coloque em contato com uma família no país de seu interesse. Eles que encontrarão famílias que encaixem no seu perfil e que te colocarão em contato com eles. A sua parte é conversar com a família e escolher a que você mais gosta. Esse processo pode demorar de 2 a 4-5 meses, até encontrar a família ideal.

Ou ir por conta própria procurando famílias em sites gratuitos (ou não) de buscas por famílias (Para ir por conta própria primeiro cadastre-se em agências online que te permita procurar por famílias e criar um perfil para que famílias entrem em contato com você). Depois que você encontrar a família ideal, entre em contato com o consulado do país onde você pretende ser au pair e dê início ao processo burocrático do pedido de visto. Quando você vai por agência, eles se encarregam pela burocracia e te dão apoio durante toda a estadia no estrangeiro.

Dicas importantes

* Troque bastante emails e telefonemas com as famílias, faça perguntas sobre suas tarefas e direitos na casa pra não ter nenhuma surpresa desagradável depois que chegar lá.

* Faça questão que todas as suas tarefas estejam muito bem descritas no contrato, se você tem ferias pagas, feriados, se irá trabalhar nos finais de semana.

* Faça perguntas sobre o rítmo da casa, costumes, atividades, se eles costumam viajar e etc, para você ter uma idéia de qual estilo de vida eles levam e se tem a ver com você.

*Não escolha a primeira família que aparecer. Tem muitas meninas que ficam com medo de não conseguir uma família e na ansiedade acabam pegando a primeira. Lembre-se que você vai passar um ano morando com essa família, você tem que sentir uma sintonia agradável e se sentir a vontade com eles.

*Dê preferência as crianças maiores (geralmente  crianças que estão aprendendo a falar não se importam que seu ingles não é perfeito e  até lhe corrigem na hora de falar – ajudando a aprender a lingua mais fácil). Além disso, eles já são mais independetes, falam o que querem comer, vão para a escola e não precisam de você toda hora (ou seja, mais tempo livre). Geralmente família com recém nascidos precisam da au pair por mais tempo.

*Antes de escolher a família, procure a localização da casa no google maps e leia sobre a cidade/região/local que vai morar. Algumas meninas tem sorte e vão morar numa cidade metropolitana com acesso a tudo, mas outras vão morar no meio do nada, onde  a coisa mais próxima fica há 40 min de carro e isso as vezes atrapalha na adaptação. Os EUA não é como o Brasil onde o transporte publico é acessível na maioria dos lugares. Ônibus, assim como trem ou metrô, existem apenas em cidades maiores (downtown). Morar em grandes cidades é extremamente caro, portanto a maioria das familias se encontrarão nos suburbios, onde eles poderão comprar aquelas casas enormes que vemos na TV, com 3-5 criancas correndo para lá e para cá. Diante disso, é de extrema importância que a familia deixe que você utilize o carro deles para seu uso pessoal (escola, compras, baladas, etc). Entao seja franca e questione se voce podera usar o carro. Para as meninas que não dirigem, procurem uma familia que more perto de downtown ou  que dê para ir a pé para parada do ônibus, se certifiquem disso antes de aceitar a familia.

* Procurem uma familia que se adapte mais facilmente ao seu nível de ingles. Se seu ingles eh basico ou quase nada, sugiro que cuide bebes 0-3 anos, se seu ingles eh um pouco melhor 4-10. Para cuidar de adolescentes (dirigir para lá e para cá) sugiro meninas que tenham um inglês melhor para atender as expectativas e necessidades deles. Pois adolescente fala muita gíria, fala rápido e não tem paciencia. Se você achar uma família no seu perfil de inglês a adptação é mais facil pois você e a família não se frustrarão em termos de comunicação.

Mais?? – Eu fiz um vídeo com outras dicas sobre o programa de Au Pair.

Links – Agências Particulares:

EurAuPair – http://www.euraupair.com/brazil.html (em português)

Cultural Care  – http://www.culturalcare.com.br/ (em português)

Experimento – http://www.experimento.org.br/ (em português)

SIS Intercâmbio – www.sis-intercambio.com.br/ (em português)

Sites independentes:

Great Au Pair http://www.greataupair.com/  (em ingles)

Au Pair World  http://www.aupair-world.net/ (em ingles)

 

Deixe um comentário!

24 comentários

  1. Luana

    Adorei o seu post e o video Manu! Olha sempre achei legal esse tipo de intercâmbio e sempre tive vontade de fazer, mas agora estou passando da idade..hauhauha Esse ano faço 26 e sempre tive vontade de morar fora do país e aprender a falar bem o inglês, mas esse vai ser um sonho que vou realizar sozinha ou com meu futuro marido! :) Mas se pudesse teria feito isso antes!

    Responder
    1. Manu ♥

      Oi Luana,
      Se voce esta fazendo 26 esse ano ainda da tempo, as vezes as decisoes mais rapidas e de ultima hora sao as melhores. Voce tem q se inscrever no programa enquanto tem 26 anos e geralmente a familia aparece rapidinho em 2 a 3 meses. Voce deveria pensar nisso!
      Beijos

      Responder
  2. Lais

    Meninaaaa, que dicas ótimas sempre quis ter uma experiência fora do país, mas nem sabia por onde começar.
    Superr útil esse seu post!
    Obrigadaaa
    Ahhhh sua lojinhaa é um arrasoooo

    Bjoooo

    Responder
    1. Manu ♥

      OI Lais, obrigada! Que bom que gostou desse post e da lojinha.

      Responder
  3. Loma

    Excelente post, Manu! Dicas ótimas! Já pesquisei sobre Au Pair, mas você passou informações de quem vive isso mesmo (suas amigas), dados que o Google não pode passar! HAHAHA Vou divulgar! =*

    Responder
  4. Monique

    Nossa, muito legao esse post. Eu nunca tinha parado pra pensar direito em fazer intercâmbio, çascoisas. Mas agora comecei a pensar melhor, ainda que um pouquinho. Me interessei bastante, bem legal :)

    Responder
  5. Ana Flávia

    Poxa valeu de mais Manu, essa semana recebi uma correspondência da Cultural Care, sobre isso, despertou o interesse porém restavam dúvidas. O post foi de grande valia, ja da pra pensar melhor no assunto… mesmo que eu ainda prefira viajar já com um curso superior no currículo, vai que rola alguma coisa rs Obrigada, Beijos =*

    Responder
  6. Maria Clara

    adoreio post , pena que todos os links só tem o serviço pra quem quer ir pro EUA e aprimorar o ingles. Esse tipo de intercambio também é comum na Espanha? Queria tanto aprimorar meu espanhol :S

    Responder
  7. Maria Clara

    adoreio post , pena que todos os links só tem o serviço pra quem quer ir pro EUA e aprimorar o ingles. Esse tipo de intercambio também é comum na Espanha? Queria tanto aprimorar meu espanhol :S

    Responder
  8. Camila Faria

    Nossa, que diferente isso Manu, não conhecia esse esquema de intercâmbio. Requer uma coragem louca das famílias também, né? Contratar uma pessoa para cuidar dos filhos é uma coisa tão delicada, ainda mais se tratando de uma pessoa desconhecida e de uma cultura diferente. Interessante, mas não rolaria comigo (nem como contratante, nem como participante).

    Responder
  9. Natalia Lima

    Puxa, foi de grande valia esse seu post. Sempre tive vontade de viajar para aperfeiçoar meu inglês( e com urgência! rs). Só q eu comecei a faculdade agora, e não sei se há possibilidade sabe?! Mas eu amei o post, mto interessante msm. E é a primeira vez q venho, acabou de ganhar uma nova leitora. :)

    Responder
  10. Leticia Thais

    OLÁ SEU BLOG BLOG ESTÁ PARTICIPANDO DO BLOG DE OURO – OS MELHORES CONTEÚDOS ESTÃO AQUI) , POR FAVOR CONFIRA :)

    http://topblogouro.blogspot.com/

    Responder
  11. Marcelle Mendes

    Oi flor, td bem?
    Adorei o post e o vídeo, bem explicativo.
    Eu andei pesquisando sobre o programa de Au Pair e encontrei alguns dos sites que você indicou, bem interessante!!!
    Quem sabe não nos encrontramos por aí… rsrs
    Bjks

    Responder
  12. Kássia Simas

    O que é isso, a matéria q eu procuro a séculos. Cara me ajudou muito. Sonho em ir pra londres quando terminar a faculdade e com esse passo a passo, vou investir no inglês e melhorar meu relacionamento com as crianças, kkkkkk.
    Adorei seu blog, muito fofo e trata de muito assuntos, parabéns ^^

    Beijo beijo
    Kássia Simas – http://www.smallpotion.blogspot.com

    Responder
  13. Ana

    Olá! tudo bem?
    Você sabe se quem é divorciado pode ser Au Pair?
    Muito obrigada! bjs

    Responder
    1. Manu ♥

      ola ana, eu acredito que nao tem nenhum problema em ser divorciada. Nao existe legalmente fora do brasil um status de divorciada. Voce pode simplesmente dizer que é solteira e acabou. Esses detalhes da sua vida pessoal, voce guarda pra voce. Mas para alguns paises, nos estados unidos por exemplo, voce precisa ter no maximo 26 anos pra ser au pair.
      beijos

      Responder
  14. Rayane

    Eu adorei este post Manu,agora só falta eu crescer um pouco,aprender inglês e os pais deixarem um dia eu passar 1 ano aí e cuidar das crianças.
    Muito obrigada mesmo.

    Responder
  15. Rayane

    Manu mais uma perguntinha,queria saber se as pessoas americanas tem preconceito me pessoa morena clara,porque como tomaria conta de uma criança se a família tivesse preconceito de pessoa morena?

    Responder
    1. Manu Huessy

      nao existe preconceito nesse aspecto. o fato de voce ser morena clara ou escura não é um problema

      Responder
  16. Michely

    Oii manu queria saber ate quantos ano pode renovar ?

    Responder
    1. Manu Huessy

      Você só pode ser au pair por no máximo 2 anos. Vem por um ano e aqui renova o segundo ano.

      Responder
  17. Tatiane

    Oii Manu, eu gostaria de um email com qual eu pudesse falar com você pra pedir mais informações sobre algumas dúvidas, você teria algum ? beijos :*

    Responder
  18. Diane

    Oi Manu! Adorei seu vídeo, encontrei teu blog através dele. E, gostei muito das dicas pois estou para fazer au pair in usa ou europa. Mas, as dúvidas sao grandes! Uma amiga minha disse que au pair na frança é muito dificil por causa do sotaque, eis a minha duvida entre qual páis…rs Adorei o bloggg! Vou dar uma volta por ele, rs. Beijo, e sucesso!!!

    Responder
  19. Nathália

    Olá Manu!

    Assim como muitas meninas, sou uma futura Au pair e apaixonada por viajar e compartilhar essas experiências.
    Passei pra deixar o link do meu blog e dizer que apoio e muito ser Au Pair! :)

    Beijokas

    Nath,
    http://brazucaupair.blogspot.com.br/

    Responder