A Nova York de cada um

3394346432_e075f47443Passei o final de semana em Nova York e já fui incontáveis vezes por lá. DC fica aí de lado, bem pertim, até o preço do ônbus colabora, $35, por isso sempre que eu posso, vou.  Já fui sozinha, acompanhada, para reencontrar amigos, ou só para uma festinha de aniversário no sábado a tarde,  fui passar o dia, acompanhar o Brazilian Day, ver a parada GLS, fazer turismo, compras… Vixe, não faltam razões para visitar a Big Apple. Dessa vez fui encontrar um amigo brasileiro que estava fazendo turismo e ajudá-lo a desvendar a cidade. Nessas 48 horas que estive por lá , eu tive tempo de rever outros bons amigos, curtir a “night”, fazer turismo e claro, umas comprinhas básicas.

Dentro do ônibus  na ida conversei com duas senhoras que estavam indo comprar produtos para revender em DC. “NY está de liquidação e tudo é muito barato. A cidade é um shopping center aberto”. Me falou uma delas. Já num club sabado a noite, um rapaz de New Jersey me disse: “Eu venho para cá dançar todo final de semana. Amo os clubs daqui, são as melhores festas.”

Engraçado como cada pessoa tem uma opinião diferente sobre a cidade, cada pessoa tem um jeito diferente de observar o mesmo lugar.  Na fila do restaurante tinha um casal de brasileiros  de férias e um deles soltou: “ Odiei essa cidade. Muita suja, barulhenta, desorganizada. A cidade inteira fede e tem rato por todo lado.”  Ja os amigos que fui visitar estão mudando de cidade porquê não aguentam mais “o stress louco” de NY. Longe de mim decretar que o melhor de Nova York é isso ou aquilo. Claro que eu tenho meus cantinhos preferidos, lugares manjados e desconhecidos onde eu acho que a beleza da cidade está condensada.  Cada morador, nativo ou não, tem os seus. Nova York é grande e plural demais para ser uma só; ela é uma cidade diferente aos olhos de cada um. E cada um tem suas razões para amá-la ou odiá-la.

Eu particulamente adoro a cidade, as paisagens, as diversas opções, a noite, as pessoas nas ruas. Não moro em NY por opção, mas me sinto um pouco de lá, algumas partes da cidade ja se tornaram normais e peculiar. A rotina nos absorvem e nos tiram a atenção dos cenários, todavia quando estou na companhia de pessoas que estão conhecendo a cidade pela primeira vez, tenho a oportunidade de ver a Nova York com os olhos de turista de novo, e é como se eu redescobrisse essa cidade toda vez que eu fosse lá. Mas Nova  York tem uma grandiosidade de que não dou conta, nem se eu fosse um milhão de vezes lá. 

131762147_fb4d8c3c3e1584972004_4ad11a8e83_o12591226758_8b4bc6aff6_o1



Deixe um comentário!

2 comentários

  1. naina

    NY me impressiona e me apaixona, mesmo sem nunca ter ido.
    Mas 1 dia eu vou e tu me acompanha, claro.
    o melhor, com toda certeza do mundo, são as calçadas lindas e belas em que a gente pode usar nossos salto altos sem pena de estragá-los ou de quebrar.

    Responder
  2. Kelly Brown

    Hi, interest post. I’ll write you later about few questions!

    Responder