Sou Emanuella Maria (Manu), uma romântica inconsolável que adora coisas vintage e viajar. Há 7 anos moro na capital americana, Washington DC e neste espaço divido um pouco da vida no estrangeiro e o que me inspira no dia-a-dia. Falo das coisas que faço, do que gosto e o que me faz feliz.

Buscar no blog












18.09.2012

A vida é uma busca constante da paixão, aquilo que te inspira e te motiva no dia-a-dia. Então, muitas vezes parece que estamos perseguindo coisas que a sociedade, a nossa família e nossos amigos acreditam que deveríamos. Mas será que estamos buscando a coisa certa? Em um mundo onde parece que todo mundo está seguindo a sua paixão, é fácil se sentir como se você estivesse sendo deixado para trás, ou pior, se sentindo que você não tem a menor ideia do seu sonho, do que você quer pra você. Mas não se preocupe e nem entre em pânico, todo mundo um dia passou por isso.

Eu mesmo passei anos me perguntando se estava fazendo a coisa certa na minha vida, passei três anos estudando e trabalhando com turismo e me dei conta que não era aquilo que eu queria e resolvi abandonar o curso e começar jornalismo. Mais pra frente eu não estava satisfeita com minha vida e meu trabalho no Brasil e mais uma vez comecei do zero e mudei para os Estados Unidos. Todo dia é dia de começar algo novo. Não existe idade pra você ir atrás dos seus sonhos.

Em vez de deixar o peso das decisões imediatas te intimidarem, que tal ficar quieto e ouvir seu coração. O que ele esta dizendo? O que esta chamando você? Você não vai responder?

Encontrar a sua paixão não significa que você tem que parar seu trabalho imediatamente e iniciar o seu próprio negócio. Significa simplesmente que você deve tomar as medidas a passos de bebê, para fazer mais das coisas que gosta e que ama.

Com um pequeno impulso, aqui estão 33 dicas para começar a engatinhar, ajudar a ouvir o seu coração e iniciar o caminho esplêndida que é os seus sonhos e sua realização.

1. Pare de passar horas em frente à TV ou do computador e vá se dedicar aquele hobby que você tanto ama, seja o que for. (Desenhar, pintar, escrever, tricotar, costurar, pode até ser praticar um esporte).

2. Participe de algum grupo de pessoas apaixonadas sobre o seu hobby e que tenha os mesmos ideais.

3. Vá devagar. Não apresse as coisas sem primeiro consultar a sua bússola interior.

4. Fale com o seu melhor amigo. Pergunte a ele o que ele acha que você é bom.

5. Inicie um blog onde você fala loucamente sobre sua causa favorita / sua paixão / seus pensamentos.

6. Leve sua mãe para passear e tenha uma conversa sobre seus objetivos. As mães sabem tudo!

7. Poupe dinheiro.

8. Acredite em você e no seu potencial.

9. Deixe de lado o pensamento negativo. O nosso próprio pensamento muitas vezes nos aprisiona e nos limita.

10. Procure amigos, um grupo de apoio ou até mesmo um profissional para conversar, dividir seus interesses e lhe dar suporte nos momentos de incerteza e insegurança.

11. Ajude alguém a investir em sua paixão

12. Esteja preparado. Quando a oportunidade bater você precisa atender a porta.

13. Procure o conselho de um consultor de carreira / treinador /alguém da área.

14. Faça uma pausa. Vá para fora da cidade e esqueça a loucura do dia-a-dia. Volte renovado.

15. Diga Não! Para tudo que você não quer fazer. Assim você tem mais tempo para fazer as coisas que ama.

16. Agende uma hora por dia, onde você passa. uma hora trabalhando nas suas ideias, nos seus projetos.

17. Faça uma lojinha online no Tanlup, Etsy, Mercado Livre etc…

18. Acorde uma hora mais cedo e trabalhe na paz e no silêncio da manhã.

19. Deixe as desculpas na porta, comece a trabalhar e se preocupe mais tarde.

20. Exercite-se regularmente. Uma alma saudável é uma alma apaixonada.

21. Crie o seu “time” de pessoas que sinceramente irá apoiá-lo.

22. Perceba que: “Você nunca é velho demais para definir outro objetivo ou para sonhar um novo sonho…”, de CS Lewis

23. Tenha um plano de ação. Escreva sua declaração de missão pessoal para guiar suas ações.

24. Incorpore seu negócio. Case com a sua paixão.

25. Faça as coisas reais. Saia do sonho e estabeleça metas, crie gráficos, defina objetivos a curto e médio prazo.

26. Leia a respeito da sua paixão/causa/ideia.

27. Procure pessoas na qual pode se inspirar. Fale com eles. Faça delas seus mentores.

28. Crie a “Caixinha da Paixão”. Adicione uma pequena quantidade de dinheiro diariamente e gaste com as coisas que contribuem para o seu negócio ou para realizar seu sonho.

29. Aceite o fracasso. O fracasso é um trampolim para o sucesso.

30. Pergunte a si mesmo: “O que eu faria de graça?”

31. Cerque-se de perseguidores de paixão.

32. Inicie um diário de sonhos, onde você escreve seus sonhos e objetivos. Acredite neles e acredite que tudo é possível, mesmo que leve tempo você vai chegar lá.

33. Seja grato por onde você está agora e você irá longe.

 

Eu espero que essas 33 dicas, seja um pequeno impulso para você perseguir seus sonhos e interesses e a partir de agora você faça as coisas que você ama e acredita.

 

Outros posts para inspirar:

Transforme sua paixão num projeto {e ganhe dinheiro com isso}
Como seria viver a vida que realmente quero?
Como transformar os obstáculos em oportunidades?


Gostou? Compartilhe:

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Pinterest

6 Comentários














6 Comentários em “33 Dicas para encontrar a sua paixão {e conquistar seus sonhos}”

Tatiane Pinheiro
18/09/2012 ás 15:14

Você falou tudoque estou vivendo hoje,conseguiu colocar em palavras o que sinto e tenho como meta de vida.Adorei te descobrir e ouvir que não tem IDADE pra mudar. Muita sorte e sucesso sempre,bj.

[Reply]


Frau
19/09/2012 ás 17:54

Oi Manu…vc não imagina o quanto suas palavras me ajudam…entro aqui e leio sobre sua vida, suas dores e principalmente sua força e isso me faz um bem danado…preciso de exemplos fortes assim pra encarar as mudanças…obrigada…abs.

[Reply]


Jess
21/09/2012 ás 07:00

Manu, eu ADORO seu blog, de verdade! Então estou pensando em como dizer isso sem parecer chata de galocha.

Eu adoro seus textos e a forma reflexiva como vc escreve. Gosto de suas fotos e da garra que vc tem. Sua vida é inspiradora. mas quando vc posta essas listas com coisas pra se fazer quando estamos tristes, ou pra encontrarmos o sentido da vida e etc, eu acho que você limita algo amplo (que é a experiência humana) para uma especie de manual de auto-ajuda. Tenho certeza que não é isso que você quer, mas no fim, acaba reproduzindo um pouco do que a gente vê naquelas revistas femininas que propoem as mulheres 250 formas de encontrar a felicidade.

E sério manu, acho que sua experiência é muito maior que isso. Você é uma guerreira e esse blog inspira isso! Adoraria ler mais sobre isso em textos reflexivos que trouxessem um pouco da sua visão de mundo, das suas experiências, não em listas simplistas e generalizadas.

Desculpe a minha sinceridade, mas se falo isso, é porque te admiro e sou apaixonada por seu cantinho.

Beijos

[Reply]

Emanuella Maria Reply:

Ola Jess, obrigada pelo comentario! Fico feliz que voce gosta do blog e dos meus textos. Mas aqui no blog tenho diferentes tipos de leitores, claro que os posts vem de acordo com a inspiração,de um comentario de um amigo, de um pensamento solto, de um momento que estou passando, ou das coisas que vejo por ai, mas as vezes surge de um pedido de um leitor. E engraçado que passei um tempao sem postar listas e na ultima enquete que fiz foi uma das coisas que a maioria das leitoras que respondeu me pediu pra continuar. Eu adoro fazer listas, sejam listas de compras, de supermercado, ou de coisas para vida. E esse post ai surgiu da conversa com um amigo que disse que nao conseguia se focar para comecar algo novo e nem sabia por onde ir. Dai fui refletir sobre como poderia ajuda-lo. E acho que o blog esta crescendo com esse proposito, de nao ser apenas sobre mim e minha vida fora, mas para dar alguma inspiracao (mesmo na forma de lista) para as leitoras.

[Reply]


Emile Brito
02/01/2013 ás 00:35

Estava precisando ler algo assim, o pior de tudo é que quero fugir do comodismo, fazer exercícios, criar mais design’s, estudar mais, mas as vezes é difícil, né?! Deve ser porque estou de férias, rsrsrs. Mas na real, estava fazendo faculdade de design de interiores, estava não, estou… mas não é o que quero pra minha vida, mas já estou no terceiro ano de faculdade e sei que não é o que quero, eu amo moda. Fiz o vestibular e passei e vou cursar as duas, meus pais querem que eu curse as duas… pensei em abandonar design de interiores,não quero trabalhar com isso.
Aqui em casa é faça o que quiser, mas faça faculdade. O problema é que so tive coragem e certeza do que eu queria fazer depois de 3 anos de faculdade, acho que meus pais devem pensar que se eu largar é perda de tempo, mas estão me apoiando em moda também… Bateu vontade de desabafar aqui…a verdade é que gostaria de trancar design de interiores e aguardar o inicio das minhas aulas em design de moda, queria me dedicar estritamente a isso… vou trancar ela no segundo semestre desse ano e não sei se retomarei, meus pais nem sabem disso.
Quero ser uma designer de roupas, não de ambientes… não quero me formar em d.i. só por me formar, pra ter duas graduações… quero me dedicar ao que amo exclusivamente… que situação complicada,mas eu queria dizer antes de desabafar que eu adorei o post, você me fez pensar bastante e vou manter essa lista comigo! :)

Beijos

[Reply]


Carlos Vieites
02/01/2013 ás 02:36

Oi Manu, primeira vez que venho ao seu blog, que achei atraves de outro blogroll e achei interessante, pelo design, pelas fotos, mas te confesso que esse post veio a calhar, iniciei o meu blog para ser uma valvula de escape e por ser algo que me faz bem, me desliga um pouco da realidade, do stress diario e com isso me sinto mais perto das coisas que eu gosto, que eu busco, os teus conselhos sao muito validos e com certeza os seguirei… Gostaria de saber se vc me autoriza a publicar alguns dos conselhos no meu blog tb, mesmo eu sendo um rapaz, acho que isso tudo se aplica para qualquer pessoa. Obviamente darei todos os devidos creditos para a postagem.

Um abraco,

Carlos

[Reply]