3 dicas que vão te deixar mais feliz, em forma e saudável

 

Começar uma dieta é fácil, se inscrever na academia também. Difícil mesmo é manter o comprometimento e alcançar os objetivos desejados.  E quem me acompanha nas redes sociais (segue aí @emanuellamaria)  sabe que esse ano meu grande projeto pessoal é o bem estar.

Mas fazendo um balanço de final de ano, estou bem feliz com os resultados alcançados nessa área. Entre os grandes passos que dei,  destaco a inserção da dieta paleo na minha vida, ficar 2 meses sem comer açúcar e conseguir criar uma rotina de atividades físicas de 5x na semana.

Porém, confesso, que entre os novos hábitos, o mais difícil foi criar uma rotina de exercícios regulares. Até porque venho de um histórico de incontáveis fracassos nessa área. Sempre começando algo e abandonando pelo meio do caminho, ou perdendo a motivação.

Mas dessa vez foi diferente, parece que uma chavinha mudou dentro de mim e hoje posso até dizer que gosto de me exercitar. Por isso quero dividir com vocês as minhas três dicas que me ajudaram a ficar mais feliz, em forma e saudável esse ano.

  1. Foque no tempo que você tem

É importante perguntar a si mesma quando você está desenvolvendo sua rotina de exercício: “Quanto tempo você está disposta a dedicar a sua rotina? Você consegue acordar uma hora mais cedo? Você pode tirar uma pausa na hora do almoço? É realístico deixar para o final do dia?”

Seja honesta com você mesma. Não salte de cabeça se você sabe que não vai funcionar para você.

Não foque na 1 hora que você não tem. Foque nos 20 minutos que você tem e depois vai aumentando gradativamente. Mas COMPROMETA-SE.

Eu iniciei pequeno, fazendo caminhadas 2x na semana por 20 min. Hoje faço crossfit e exercícios na academia de 1 hora, 5x na semana ao meio dia (que é o melhor horário pra mim).

Não adianta começar com metas grandes e não conseguir realizar. Talvez você acha que está tudo bem adiar o exercício hoje, porque você sempre pode fazer isso amanhã. Mas essa decisão não está só afetando seu momento presente, está afetando a pessoa que você quer se tornar.

  1. Experimentar novas atividades:

Antes eu achava que não gostava de exercícios e que isso era um caso perdido.  Mas na verdade, eu não tinha encontrado aquilo que realmente me impulsionava. Principalmente quando eu ia me exercitar sozinha na academia do meu prédio, ou correr na rua e sempre ficava entediada e acaba desistindo.

Esse ano resolvi me abrir para o novo e explorar diferentes tipos de exercícios. Desde correr na rua, fazer aulas de spinning, levantar peso na academia do prédio, aula de funcional com coach, crossfit, power yoga e até mesmo aula de zumba. Fui tentando de tudo até encontrar aquelas atividades que faziam meu coração pulsar (literalmente).

Ao tentar diferentes atividades, passei a me conhecer melhor e entender o que me entediava, o que não era pra mim e o que realmente me motivava a sair da minha zona de conforto. Dessa forma, passei a fazer concessões comigo mesma e se exercitar deixou de ser um sacrifício para virar uma diversão.

  1. Usar Aplicativos ao seu favor:

Eu confesso que sempre achei os aplicativos de fitness muito complicados. E nessa minha jornada de quase um ano, usei incontáveis aplicativos, mas todos tinham algo que não gostava. Até que fui apresentada ao Aaptiv, que é uma app de exercícios. E pra mim foi uma revolução.

Esse aplicativo é o como ter um personal trainer de bolso e não importa para onde você vá, ele sempre estará com você.

Eu sei que ser mais saudável pode ser realmente desafiador quando você está começando em sua jornada, mas pessoalmente encontrei nesse aplicativo um salvador da pátria.

E o mais legal é que as aulas são muito dinâmicas, com diferentes níveis de iniciantes a avançado e variam de 10 a 50 minutos.  E além de ter diferentes treinadores que vão conversando e te motivando durante todo o exercício, você tem uma playlist de músicas fantásticas no fundo durante cada aula.

É muito bacana ter a experiência de ter um personal trainner só pra você. Faz toda a diferença durante o exercício. Eu percebi que com essa app consegui ultrapassar meus limites e tentar atividades de uma forma mais dinâmica mesmo sozinha.

No outro dia, resolvi experimentar a aula de spinning intermediária da app na academia do meu prédio.  Fiquei chocada, pois me senti em uma academia de boutique. A playlist era incrível, a coach falando comigo estava me motivando a cada segundo, os exercícios eram bem dinâmicos e no final terminei pingando suor e 570 calorias a menos.  

Além de spinning, a app tem a opção de correr na rua, caminhadas, correr na esteira, eliptical, stairclimber, exercícios funcionais, yoga, alongamentos, preparação pra 5k, 10, maratonas.. Pense.. Muitas opções.

As desvantagens do aplicativo é que é inglês, então você precisa ter um nível intermediário para entender as classes, mas acho que deve ser uma ótima opção para melhorar o inglês.

Outro ponto que precisei me acostumar é que as classes são apenas em audio. Mas eu adoro, porque é mais intuitivo, você não precisa ficar virando o pescoço pra tentar entender o exercício. E além de ser muito mais prático e didático.  Você coloca o fone e ninguém percebe o que tá acontecendo.

Super recomendo testar a Aaptiv app no próximo workout. Os primeiros 7 dias é gratuíto e depois eles cobram uma mensalidade e tem a opção de anuidade (que é o que eu fiz).

No final, sabemos que nada muda até que você faça. Então, se você quer uma vida melhor, mais saudável, mais feliz  e ficar em forma, você tem que fazer algo para te ajudar a chegar lá. E construir uma rotina de exercícios que funciona para você e sua vida pode ser o primeiro passo para fazer isso acontecer.

Lembre-se que tudo começa com uma decisão.

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos. Vamos dividir o amor e mudar o mundo juntos.

Foto da mulher 1 e foto 2 via Shutterstock.

Deixe um comentário!

3 comentários

  1. Vanessa

    Oi, Manu! Aqui é a Vanessa, de São Paulo!
    Não vejo a hora de te encontrar no workshop sábado.
    Adorei seu post. Inspirador como sempre. Acredito que a minha maior dificuldade é o item 1. Muitas vezes eu foco no tempo que eu não tenho. Mas ainda bem que temos os seus insights! Beijão.

    [Reply]

    Responder
  2. Vanessa

    Eu vi os seus stories no Instagram e vim ler o post. Amei!! ♡

    [Reply]

    Responder
  3. Marina Medeiros

    Vi no insta!!! Parabéns pelo post e pelos novos hábitos!!! 🙂

    [Reply]

    Responder